MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
24/09/2017
23 de março de 2017 às 12h14 | Geral

Agências bancárias fechadas é tema de audiência pública em Campo Grande

Nos últimos dois anos cresceu a quantidade de municípios brasileiros que deixaram de ter agências

Por: Da Redação

De acordo com o levantamento do Banco Central que foi divulgado no início de março, somente nove estados no Brasil possuem agências e correspondentes bancários em todos os seus municípios. Os dados divulgados mostram ainda que nos últimos dois anos cresceu a quantidade de municípios brasileiros que deixaram de ter agências e que um dos motivos são os assaltos.

Este e outros assuntos serão debatidos nesta quinta-feira (23/3), a partir das 13 horas, no Plenário Deputado Julio Maia, na audiência pública com o tema segurança bancária. O debate é proposição do deputado João Grandão (PT) em parceria com o Sindicato dos Bancários de Dourados e Região MS, Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) e a Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito - Centro Norte (Fetec/CUT-CN).

 “Em 2012 um total de 149 cidades não eram atendidas por bancos. No ano passado, o número mais do que dobrou para 352 municípios. O fechamento em massa, que também passa por uma política nefasta dos banqueiros, gera um impacto muito negativo na sociedade, uma vez que as agências tem um papel econômico e social no dia a dia, no fortalecimento do comércio local, na prestação de serviços, pagamento de tributos e benefícios, oferta de linhas de crédito, entre outras coisas”, afirmou o deputado, que foi bancário durante 34 anos e também dirigente sindical da categoria.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas