MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/08/2017
03 de abril de 2017 às 14h34 | Geral

Agepan ouve passageiros para avaliar campanha pelo uso do cinto de segurança

A pesquisa analisa também condições do equipamento e a orientação obrigatória das empresas

Por: GOV MS

Responsável pela coordenação da campanha Abrace essa Ideia. #useocinto, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) iniciou nesta segunda-feira (3) um levantamento para avaliar a repercussão e a abrangência da mobilização, que vem orientando os passageiros que viajam pelas estradas de Mato Grosso do Sul.

Depois de uma pesquisa-piloto, feita no dia 23 de março no Terminal Rodoviário de Campo Grande, os coordenadores ajustaram os formulários e o método de aplicação do questionário e deram início à pesquisa efetiva, a partir de dez cidades-polos:  Dourados; Aquidauana; Corumbá; Jardim; Três Lagoas; Coxim; Ponta Porã; Naviraí; Chapadão do Sul; Rio Verde, e Campo Grande.

Passageiros embarcados nos terminais dessas cidades estão sendo convidados por fiscais da Agência a responder um questionário com dez perguntas sobre o uso do cinto de segurança. O levantamento quer saber se o passageiro adota o hábito de usar o cinto, se essa preocupação é constante e se a campanha informativa que visa reforçar essa necessidade está chegando de forma correta. Panfletos, cartazes, faixas e banners estão sendo distribuídos por todo o Estado; durante três meses, mensagens na Rádio e TV Educativa reforçaram o alerta, e a Agepan quer agora identificar o real alcance e o impacto dessa divulgação.

O monitoramento também inclui o cumprimento de obrigações das empresas. As questões incluem, por exemplo, saber se antes da partida os motoristas estão fazendo verbalmente o alerta sobre a obrigatoriedade do cinto; se as capas dos encostos das poltronas estão com o adesivo de informação sobre o equipamento; se os monitores de TV dos veículos estão transmitindo o vídeo informativo da campanha; e se, ao embarcar, o passageiro está encontrando o cinto devidamente colocado sobre o assento e em condições de uso.

“É importante que o passageiro participe, respondendo o questionário. Essa campanha está sendo feita para ele, e queremos avaliar se o trabalho está atingindo o objetivo de fazer com que todos compreendam o quanto o uso do cinto faz diferença para uma viagem segura”, explica a assessora de Relações Institucionais da Agepan, Silvia Hafez.

Por que usar o cinto

As principais dicas da campanha resumem o porquê do uso do cinto de segurança nas viagens de ônibus ou van. Assim como em carros de passeio, o uso do equipamento é obrigatório durante toda a viagem e pode significar a diferença entre sair ileso e se machucar com gravidade ou até perder a vida em um acidente:

O objetivo do uso do cinto é manter o passageiro seguro em sua poltrona;

Em uma colisão, o passageiro sem cinto pode ser arremessado até mesmo para fora do veículo;

Uma pessoa de 70 quilos, na colisão, é projetada para frente com o peso correspondente a 350 quilos;

Passageiro com o cinto de segurança tem sete vezes mais chances de escapar vivo em um acidente;

Quem não usa o cinto, coloca em risco a própria vida e a de outros passageiros.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas