MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/01/2018
04 de novembro de 2017 às 08h34 | Geral

Alta de 4,5% gás pode chegar a R$ 78 ao consumidor de MS

Consumo de gás estará mais caro a partir de amanhã

Por: Da Redação

O gás de cozinha fica mais caro neste domingo (dia 5), podendo chegar ao valor máximo de R$ 78 em Campo Grande. A alta resulta de reajuste médio anunciado pela Petrobras de 4,5% às distribuidoras com repasse estimado de 2% ao consumidor final. O aumento vigora a partir da zero hora de amanhã.

“O reajuste foi causado principalmente pela alta das cotações do produto nos mercados internacionais, influenciada pela conjuntura externa e pela proximidade do inverno no Hemisfério Norte”, justificou a Petrobras. “A variação do câmbio também contribuiu”, acrescenta.

A petrolífera enfatiza que o mercado é livre, podendo ou não repassar a alta ao consumidor. “Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, detalha.

O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos. Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a Petrobras estima que o preço do botijão gás pode ser reajustado, em média, em 2%.

Conforme a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o valor médio atual do gás de cozinha é de R$ 72,19, com teto de R$ 76,3. Caso haja repasse de 2%, o maior preço chega a R$ 77,8 ou, arrendondando, para R$ 78.

Em todo o Estado, o preço varia de R$ 50 a R$ 90, com preço médio de R$ 72,48. O último reajuste do gás de cozinha praticado pela Petrobras ocorreu em 11 de outubro.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas