MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
19/09/2017
28 de dezembro de 2016 às 16h44 | Economia

Alta na inadimplência das empresas desacelera em novembro, diz pesquisa

Aumento da quantidade de empresas com contas em atraso foi de 6,8%, contra 7,27% no mês anterior

Por: Da Redação

O ritmo de crescimento da inadimplência das empresas diminuiu em novembro, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (28) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). No mês, o número de empresas com contas em atraso subiu 6,8% em relação a novembro de 2015, uma alta menor que a registrada em outubro, de 7,27%.

A quantidade de dívidas em atraso em nome de pessoas jurídicas subiu 6,4% em novembro na comparação com 2015.

“De um lado, a recessão econômica afeta a capacidade de pagamento das empresas e, do outro, a falta de confiança dificulta o acesso ao crédito por meio de análises de crédito mais rigorosas e taxas de juros mais elevadas”, explicou em nota o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

As dívidas de pessoas jurídicas com empresas do setor de comércio foram as que mais cresceram em novembro, com alta de 11,34%. O segundo maior crescimento foi o de dívidas com a indústria, de 7,38%. Já as pendências com o segmento de serviços, que engloba bancos e financeiras, tiveram avanço de 5,57%.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas