MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
26/07/2017
24 de maio de 2017 às 10h37 | Esporte

Altos da Afonso Pena vai ter área de lazer e esportes

Projeto prevê a interdição de uma pista aos domingos para prática de esporte e atividades físicas

Por: Da Redação

Aprovado em sessão ordinária dessa terça-feira (23), em regime de urgência, Projeto de Lei nº 8.480/217 de autoria do vereador Otávio Trad (PTB) que institui o programa “Domingo em Família na Afonso Pena”. A matéria foi aprovada por unanimidade.

O texto prevê a interdição de uma pista de avenida aos domingos para prática de esporte e atividades físicas. O objetivo segundo vereador é que os campo-grandenses tenham acesso a local público, seguro, de fácil acesso e gratuito para praticar esporte e atividades física visando melhora da qualidade de vida.

Embora Campo Grande tenha parques como Airton Sena, Belmar Fidalgo, Elias Gadia, Soter, ente outros, existe, ainda, a necessidade de oferecer à população mais espaços para democracia prática de esportes e atividades físicas. Nesse sentido, a Afonso Pena, principal avenida da cidade, oferece todas as condições para se tornar local de encontro de famílias e amigos.

Conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em sua Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) mais recente realizada em 2014, 46% da população brasileira não pratica esporte nem atividade física. Ainda segundo a pesquisa, o percentual de pessoas que praticam atividades físicas no lazer vai diminui conforme faixa etária. De 18 a 24 anos, a proporção é de 35,3%. Entre 25 e 39 anos a taxa é de 25,5%, entre 40 e 59 anos é de 18,3% e acima dos 60 anos apenas 13,6% da população pratica um esporte ou alguma atividade física.

Outra pesquisa desenvolvida pelo Ministério do Esporte, em 2013, mostra a importância de espaços públicos abertos e gratuitos para incentivar a prática de esporte e de atividade físicas. Segundo pesquisa, a falta de espaços públicos é um dos fatores que impede a prática esportiva e de atividades físicas.

Outro dado interessante é que a maioria das pessoas que praticam esporte iniciam a atividade entre 6 e 10 anos de idade, ou seja, são crianças que dependem do estímulo dos pais, por isso o projeto visa oferecer a toda família um local adequado para lazer, práticas esportivas e atividades físicas.

“O que nós queremos o proporcionar às famílias campo-grandenses mais uma opção de local para a prática de esporte e atividades físicas, porque sabemos da importância disso para qualidade de vida e saúde da população. A Afonso pena é um local especial para todos da cidade e possui espaço e estrutura para ser utilizada pela população.”

De acordo com pesquisa do Ministério do Esporte, espaços públicos abertos representam 15.6% dos locais onde pessoas começam a praticar esporte e/ou atividade física. Outra informação da pesquisa é que 33,3% das pessoas praticam que praticam esporte no Brasil, o fazem em espaços públicos abertos e 57,3% das que fazem atividade física também escolhem espaços públicos para a prática. Áreas como a Afonso Pena, segundo pesquisa, são preferidas por 22,3% das pessoas com idade entre 35 e 44 anos justamente por serem ao ar livre e proporcionarem convívio em família.

Conforme projeto, caberá à Agência Municipal de Trânsito (AGETRAN) interditar uma pista da Afonso Pena aos domingos das 6 horas às 14 horas, e promover a alteração para mão dupla da via não interditada para não prejudicar o fluxo de veículos. O texto prevê a interdição da pista que margeia Parque das Nações Indígenas a partir do cruzamento com a Rua Cel. Cacildo Arantes até cruzamento com a Avenida do Poeta.

O projeto também recebeu assinatura dos vereadores Betinho (PRP), William Maksoud (PMN), Professor João Rocha (PSDB), Pastor Jeremias (Avante) e Junior Longo (PSDB).

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas