MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/10/2019
01 de abril de 2019 às 10h51 | Geral

Bicicletada noturna promove reflexão durante ‘Hora do Planeta’

O evento aconteceu na noite do último sábado (30)

Por: PMCG

Foram 60 minutos de luzes apagadas e passeio ciclístico pelos principais monumentos da cidade. Esse foi o gesto promovido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Agencia Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), em parceria com WWF-Brasil, na noite do último sábado (30), como intuito de reforçar o compromisso da Capital com o Meio Ambiente.

O ato intitulado “Pedalada noturna da hora do Planeta”, reuniu ciclistas de todas as idades, e contou com a presença do prefeito Marquinhos Trad, que também pedalou em prol da natureza. O prefeito afirmou que a ação, além de ser um momento de descontração e lazer, é uma forma de chamar a atenção da sociedade para os cuidados que todos devemos ter com o Planeta.

“Os problemas ambientais e os impactos negativos gerados na vida das pessoas resultam do desconhecimento e, sobretudo, de políticas públicas eficientes para as questões ambientais. Reafirmo o compromisso, que a nossa gestão sempre estará do lado de ações que promovam reflexões positivas para vida das pessoas. Aproveito para lembrar que estivemos em Brasília, requerendo mais ciclovias para nossa cidade, dando assim sequência aos projetos já existentes em Campo Grande”, lembrou.

Na ocasião, Julia Book, da WWF-Brasil, lembrou que o ato simbólico quer chamar atenção da população para atitudes simples do dia a dia. “Por uma hora, convidamos as pessoas para refletirem sobre os impactos que as ações diárias, seja na alimentação, descarte de resíduos, transporte ou fontes de energia usadas, causam no meio ambiente. É importante pensarmos a respeito disso e mudarmos nossos hábitos, tornando-os cada vez mais sustentáveis”, finalizou.

O ciclista Leonardo Nunes disse que aderiu a Campanha porque acredita que a bicicleta é um meio de transporte muito mais sustentável, além de ser uma atividade apaixonante.

“O uso da bike seja para lazer ou transporte, vem ganhando novos adeptos nos últimos anos, principalmente, devido ao bem-estar proporcionado pela prática e à questão da mobilidade nos grandes centros”, frisou.

Os ciclistas percorreram a área central saindo do monumento da Maria Fumaça, passando pelo Obelisco, Praça Pantaneira e finalizando na Praça Esportiva Belmar Fidalgo. Durante o percurso o Coletivo Jovem de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, explicou a importância histórica dos monumentos para a cidade e também explanou aos ciclistas sobre questões ambientais. Ao final, os Escoteiros do Brasil realizaram a oficina de Jogos e Canções e a Oficina de mobilidade urbana foi conduzida pelo Coletivo Bici nos Planos.

Além da Planurb e WWF-Brasil, também participam do evento: AGETRAN, FUNESP, SECTUR, SEDESC, SEGOV, SESDES, SISEP, GAPRE Escoteiros do Brasil, Águas Guariroba, Revolução Ambiental e Coletivo Jovem do Meio Ambiente de MS e coletivo Bici nos Planos de Campo Grande.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas