MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/11/2017
20 de dezembro de 2016 às 15h22 | Política

Câmara aprova orçamento de R$ 3,5 bilhões para Campo Grande em 2017

Orçamento é 4,9% maior que o de 2016, mas aumento não repõe inflação

Por: Da Redação

A Câmara de Vereadores de Campo Grande aprovou nesta terça-feira (20), por unanimidade, em duas sessões, o orçamento da prefeitura para 2017. O texto prevê que o município terá no próximo exercício R$ 3,5 bilhões para as despesas, o que representa um incremento de 4,9% em relação a 2016.

O índice, entretanto, não vai repor nem mesmo a inflação, que segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já chegou a 6,78% na cidade no acumulado entre janeiro e novembro deste ano.

O aumento do orçamento abaixo do índice de inflação é reflexo, entre outros motivos, da queda de arrecadação que o município registrou em 2016, em razão da crise econômica do país, de acordo com a Câmara.

O relator do orçamento, vereador Eduardo Romero (Rede) aponta que o próximo ano será difícil financeiramente para a prefeitura e o seu novo gestor, o prefeito eleito Marquinhos Trad (PSD). De acordo com Romero, vários setores como a saúde, por exemplo, terão quedas percentuais no investimento para o próximo.

Outro reflexo da crise financeira do município, é que do projeto de lei original encaminhado pelo Executivo em setembro deste ano, foram apresentadas 673 emendas pelos vereadores. Entretanto, depois de análise técnica, restaram apenas 30 emendas, que acabaram sendo incorporadas ao orçamento. Destas 25 são financeiras e outras 5 de redação.

O texto segue agora apreciação do prefeito Alcides Bernal (PP), que pode sancioná-lo integralmente, de forma parcial ou ainda vetá-lo.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas