MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/08/2019
20 de abril de 2019 às 09h12 | Geral

Canal eletrônico de Ouvidoria da Agepan completa um ano

Outro ganho é na organização das informações

Por: GOV MS

O canal eletrônico de recebimento de solicitações dos usuários na Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) está completando um ano de funcionamento, servindo de alternativa aos canais tradicionais de telefone (0800 600 0506) e e-mail (ouvidoria@agepan.ms.gov.br). Chamada e-Ouv, a ferramenta tem a vantagem de tornar mais rápidos os registros e os trâmites para solução das reclamações, porque a comunicação de ida e volta entre o usuário, a Agepan e o prestador de serviço é inteiramente feita via sistema, com menos telefonemas e e-mails. Outro ganho é na organização das informações, auxiliando futuramente a geração e organização de dados que são importantes para a fiscalização e a tomada de decisões na regulação do serviço.

O e-Ouvidoria é um sistema eletrônico de registro, tratamento e resposta aos pedidos de informação, reclamações, denúncias e sugestões que melhora a qualidade do atendimento a quem utiliza os serviços públicos que a agência fiscaliza. Para utilizar o sistema, basta acessar o endereço eletrônico http://ouvidoria.agepan.ms.gov.br/. No primeiro acesso, o usuário faz um cadastro e recebe um login e uma senha, que serão utilizados toda vez que quiser consultar o andamento da solicitação ou fazer um novo pedido. Todos os detalhes necessários em cada solicitação são fornecidos diretamente pelo próprio usuário, preenchendo campos facilmente indicados.

Nos 12 primeiros meses de funcionamento, foram observados necessidades e possibilidades de melhoria, que estão sendo implementadas em parceria entre a Ouvidoria e a área de Tecnologia da Informação. As adequações beneficiam tanto as pessoas que procuram a agência em busca de informação ou para fazer reclamações e denúncias, quanto os analistas que recebem e fazem o encaminhamento das solicitações.

O sistema abrange o transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, o abastecimento de água e de esgotamento sanitário prestado pela Sanesul e a distribuição de gás canalizado pela MSGás. Para energia elétrica, permanece o atendimento presencial e o sistema eletrônico já utilizado, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas