MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/11/2017
06 de maio de 2016 às 09h17 | Saúde

Caravana da Saúde credencia projeto premiado e realiza exames inéditos na Capital

A meta é realizar cerca de 60 endoscopias por dia

Por: NotíciasMS
NotíciasMS

Com o credenciamento do Projeto Centro de Integração de Saúde e Educação (Cies) reconhecido e premiado por ter a melhor unidade móvel do mundo, exames como colonoscopia e eletroneuromiografia (ENMG) serão realizados pela primeira vez na Caravana da Saúde.

 “Fomos buscar novas opções partindo das premissas de inovação, tecnologia, planejamento e de uma equação financeira saudável. Assim chegamos ao Cies que é não é filantrópico, mas que visa que todo lucro deve ser voltado para o impacto social. Eles realizam um trabalho muito sério, são credenciados junto a Organização Mundial de Saúde [OMS], ao Ministério da Saúde e possuem alguns profissionais do empreendedorismo credenciados à Kennedy School, da Universidade de Harvard”, contou o coordenador da Caravana da Saúde, Marcelo de Melo.

De acordo com o coordenador, o Cies realizará cirurgias vasculares por dois métodos, o da “espuminha” e o da radiofrequência, endoscopia, cirurgias vasculares e ainda a ENMG, um exame mais complexo que faz o diagnóstico de doenças dos nervos e músculos. “A eletroneuromiografia foi um pedido dos municípios e que até hoje, mesmo após 10 edições, não tínhamos conseguido trazer para a Caravana. Trata-se de um exame complexo e que praticamente não é realizado pelo SUS em Campo Grande. O Cies veio para agregar mais valor para a Caravana e também realizará alguns tipos de ultrassons mais específicas”, explicou.

Com o credenciamento do Centro a meta é realizar cerca de 60 endoscopias por dia, dar continuidade aos exames de colonoscopia chegando ao total de 1000 colonos. Os novos procedimentos também seguem os trâmites dos demais exames, ou seja, são destinados as pessoas que estão referenciadas na fila dos 17 municípios da região de Campo Grande.

“O atendimento seguirá até o dia 1º de junho, já montamos um call center e estamos entrando em contato com as pessoas que estão na fila. Nossa intenção é manter alguns serviços pós Caravana em algum hospital da Capital, por exemplo, a colonoscopia tem uma fila de 1600 pessoas, mas já realizamos 140 exames nos últimos dois dias no Hospital Regional e queremos chegar a mais de 800 para fechar mil atendimentos”, pontuou Melo.

O Cies Global é uma organização não governamental foi criado em 2008 e já ganhou prêmios nacionais e internacionais como o Prêmio Empreendedor Social e o Prêmio Finep em Tecnologia Social em Saúde. Em 2015, tornou-se política pública por meio da Lei Municipal de São Paulo de nº 16.133, de 12 de março.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas