MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
31/03/2020
12 de março de 2014 às 13h01 | Cassação do Prefeito

Cerca de 300 manifestantes aguardam julgamento de Bernal

Cerca de 150 pessoas passaram a noite em frente à Câmara para acompanharem o decorrer da situação

Por: Letícia Oliveira e Mariana Anjos
Foto: Mariana Rodrigues

Aproximadamente 300 pessoas aguardam em frente à Câmara Municipal de Campo Grande para a sessão de julgamento que pode cassar o mandato do prefeito Alcides Bernal.  Deste total, cerca de 150 pessoas passaram a noite em frente à casa de leis para acompanharem o decorrer da situação.

A equipe do MS Repórter conversou com Alice Domingos, de 58 anos, serviços gerais, que relatou ter vindo na noite de ontem (11) e voltou esta manhã (12) a câmara para acompanhar o decorrer das manifestações e pretende ficar até o final de votação. “É preciso deixar o Bernal trabalhar, pois não deu tempo dele mostrar o trabalho dele, esses vereadores que votarem a favor da cassação vão precisar do nosso voto e não vão ter”.

As pessoas que são contra a cassação de Bernal alegam que os vereadores não deixam o prefeito trabalhar. “Os vereadores devem cuidar dos problemas dos bairros, e pararem de cuidar da administração do prefeito. Não tenho o que reclamar do Bernal, há 15 anos que não mudava o partido que estava à frente da Câmara, quando muda as pessoas já querem tirar”. Foi o que relatou Mara Rosana Mareco, de 51 anos, do lar.

Para Jorge Tavares, de 36 anos, Diretor do Movimento Sul-mato-grossense de Agricultura Familiar, Bernal vem sendo perseguido desde o começo de seu mandato. “Que democracia é essa? Se foi a população mesma quem elegeu e agora querem tirar o Bernal? Não estão deixando ele trabalhar, esse um ano e meio de mandato foi marcado de perseguições em cima do Bernal” relatou.

Apesar da chuva, os manifestantes continuam em frente à Câmara aguardando o julgamento desta quarta-feira (12), que pode resultar na cassação do mandato do Prefeito Alcides Bernal.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas