MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
21/09/2017
25 de agosto de 2017 às 12h19 | Saúde

Com investimento de R$ 133 mil, unidade de saúde do José Abrão ganhará novas salas e consultórios

A prefeitura tem desenvolvido ações para melhorar a atenção básica da Capital

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

A Unidade de Saúde da Família (UBSF) Dr. Elias Nasser Neto, no bairro José Abrão, ganhará novas salas e consultórios para garantir um melhor atendimento à população da região, além de ser totalmente revitalizada. A ordem de serviço para execução da ampliação da unidade foi assinada na manhã desta sexta-feira (25) pelo prefeito Marquinhos Trad e o secretário de Saúde Marcelo Vilela. A obra conta com investimento de aproximadamente R$133 mil e faz parte do pacote de melhorias para a área de saúde lançado durante o mês de agosto em comemoração ao aniversário de 118 anos de Campo Grande.

Durante a solenidade que contou com a presença de moradores, servidores, conselheiros de saúde e vereadora Cida Amaral, o prefeito Marquinhos Trad destacou a importância do fortalecimento da Atenção Básica, através do planejamento e da melhoria infraestrutura das unidades, proporcionando melhores condições para que o servidor possa trabalhar, o que consequentemente irá se refletir no atendimento à população.

“Nós estamos retomamos um planejamento que deixou de ser feito há quatro anos. A Saúde de nossa cidade deixou de ser pensada da maneira adequada e o que estamos vivenciando hoje é reflexo disso. É preciso reiterar que, infelizmente, nós não temos condições de resolver todos os problemas em oito meses de gestão, mas temos a certeza que muito já foi feito e que isso irá nos dar subsídios para que daqui dois, três anos nós possamos voltar a ter uma Saúde de qualidade. As obras que estão sendo retomadas este mês são exemplos disso. A grande maioria são obras que foram iniciadas em 2012 e que ficaram paradas mesmo com a prefeitura tendo dinheiro no caixa. Hoje poderíamos estar em uma nova fase, entretanto precisamos corrigir tudo isso para então podermos avançarmos”, disse.

O secretário de Saúde Marcela Vilela reforçou que todos os esforços estão sendo feitos para que as dificuldades encontradas pela gestão sejam superadas.

“Hoje ainda enfrentamos inúmeros problemas dentro da saúde e são problemas que nunca irão deixar de existir, mas temos a certeza que as atitudes que estão sendo tomadas surtirão efeitos positivos e vamos alcançar o nosso principal objetivo que é dar uma Saúde de qualidade para a população e que isso seja construído de maneira sólida. Esse é o legado que queremos deixar para Campo Grande”, disse.

Moradora do bairro há mais de 30 anos, a aposentada Vilma Alves de Matos, 68 anos, conhece bem as necessidades da região e afirma que, pela primeira vez na história, um gestor está dando a atenção devida as reivindicações dos moradores.

“A população daqui está muito feliz com o que essa gestão está fazendo por nós. Esse é um posto onde todo mundo da região vem se tratar e agora com essa notícia de que vai ampliar e depois vão reformar ele todo nós ficamos maravilhados (sic). Por muito tempo ninguém olhou por nós e hoje estamos nos sentindo privilegiados”, disse.

O projeto de ampliada da unidade, prevê a construção de uma sala de atividades coletivas, almoxarifado, consultório indiferenciado, dois vestiários, varanda para espera, reforma da copa e criação da sala de Assistente Social e escovódromo. As obras somam 130m² aos 399m² já construídos.

Segundo a gerente, Albina Barbosa Moraes, atualmente a unidade conta com uma equipe de saúde da família e atende uma média de 30 pacientes por dia. Com a ampliação, será possível aumentar em ao menos 30% o número de atendimentos da chamada demanda espontânea.

O valor total do investimento é de R$ 133.596,22, sendo R$ 82.746,22 de contrapartida da Prefeitura e R$ 50.850,00 do Ministério da Saúde, pelo Programa Requalifica UBS.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas