MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
23/02/2020
24 de dezembro de 2019 às 08h59 | Justiça

Com mão de obra prisional e parceiros, projeto da Agepen leva solidariedade e acolhimento a mais de 300 crianças carentes

As ações da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) refletem dentro e fora dos presídios de Mato Grosso do Sul.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Neste final de ano, a solidariedade aliada ao trabalho prisional levou mais alegria e encanto ao Natal de centenas de crianças da capital e de Coxim.

Através do projeto “Além dos Muros”, foram feitas doações de presentes, brinquedos, alimentos, bolas, utensílios, roupas e materiais de limpeza a quatro instituições sociais infantis.

Idealizado e desenvolvido pela Diretoria de Assistência Penitenciária da Agepen, por meio da Divisão de Trabalho, a iniciativa une o trabalho prisional em benefício da sociedade em situação de vulnerabilidade.

Conforme a diretora de Assistência Penitenciária da Agepen, Elaine Arima Xavier Castro, todas as doações foram possíveis graças ao empenho dos servidores penitenciários, o apoio de empresários parceiros e a mão de obra dos internos.

“Foi uma união de esforços para que as entregas se concretizassem, possibilitando um final de ano diferente às crianças”, afirmou. Ao todo, foram atendidas mais de 300 crianças, neste mês de dezembro, das seguintes instituições: Escolinha “Filhos da Misericórdia”, no bairro Dom Antônio Barbosa; ONG Casa de Maria, no bairro Mata do Segredo; Escolinha da Tia More, no Jardim Canguru; e Associação dos Amigos Voluntários e Colaboradores de Coxim (AAVC).

Nas mãos dos detentos, brinquedos feitos em crochê e bolas costuradas pelos reeducandos também proporcionaram muita diversão aos pequeninos.

Emocionada, a coordenadora da ONG Casa de Maria, Maria Aparecida Esquibel, agradeceu todas as doações recebidas que irão contribuir não só com as crianças atendidas pela creche, mas com muitas outras da comunidade.

“Foi muito além do que imaginávamos, isso é muito importante não só para a gente, mas principalmente para as crianças, que na maioria das vezes, não poderão ter isso em casa”, revelou.

Com 14 anos de existência, a ONG Casa de Maria presta assistencialismo e ações filantrópicas a diversas instituições e pessoas carentes.

Atualmente a creche conta com 80 crianças, de 4 meses a 10 anos. Surpresa com os presentes, Maria Fernanda Mendes, de 9 anos,contou que esses foram seus primeiros presentes de Natal do ano. “Ganhei um bambolê e um livro de princesa, além de muitas guloseimas e estou muito feliz”, disse.

Já João Guilherme Ramires Rodrigues, de 8 anos, ganhou um presente que vai contribuir para a brincadeira que mais gosta, que é jogar futebol.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas