MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
09/04/2020
11 de março de 2020 às 08h32 | Economia

Com R$ 2,3 milhões, Chamamento Público via Sedhast recebe propostas até 13 de abril

Publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (11.03), o Chamamento Público do Governo do Estado para os interessados em apresentar projetos na área de atuação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Tr

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O prazo é até o dia 13 de abril, e no total estão previstas, ao menos, a seleção de 38 propostas.

Os projetos de impacto social e soluções inovadoras para inclusão social tendo em vista a promoção da autonomia e ampliação dos Direitos Humanos estão divididos em eixos, como por exemplo, projetos de enfrentamento a violação dos direitos da criança e do adolescente, em situação de acolhimento e projetos direcionados às famílias de dependentes químicos, no processo de reabilitação em Comunidades Terapêuticas.

“Agora, com o edital já publicado, as organizações da sociedade civil devem efetuar uma leitura minuciosa do mesmo para que essa oportunidade possa ser bem aproveitada.

São R$ 2,3 milhões em apoio, o que considero um valor extremamente significativo no dia a dia de várias instituições de nosso Estado”, diz a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

Ainda conforme a publicação, a administração pública estadual divulgará o resultado preliminar do processo de seleção no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul e na página do site oficial da Sedhast, no endereço eletrônico www.sedhast.ms.gov.br.

Na Sedhast, por meio da Coordenadoria de Apoio as Organizações da Sociedade Civil (Caosc), informações e eventuais dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (67) 3318-4178.

A Caosc, vinculada à Superintendência da Política de Direitos Humanos da Sedhast, tem como atribuições prestar serviço de assessoria, orientação, capacitação e informação, dando suporte de fato e de direito aos municípios, aos grupos formais e informais representativos da sociedade civil, fomentando a participação nos diversos espaços de execução e controle social das Políticas Públicas. A publicação completa pode ser conferida clicando aqui, a partir da página 92.

 
What do you want to do ?
New mail
Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas