MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/10/2018
15 de março de 2018 às 14h26 | Geral

Conselho De Ciência, Tecnologia e Inovação é reativado após sete anos

O CMCTI é composto por 15 membros titulares e igual número de suplentes

Por: PMCG

Criado através da Lei nº 4.404, de 6 de setembro de 2006, o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação – CMCTI, órgão colegiado de caráter consultivo e de assessoramento ao Poder Executivo, deu posse nesta quinta-feira (15) aos novos membros titulares e suplentes. O ato foi assinado pelo prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad.

O CMCTI é composto por 15 membros titulares e igual número de suplentes, sendo 7 representantes de órgãos governamentais (indicados pelo prefeito) e 8 de instituições não-governamentais (indicados pelos segmentos). O mandato será para o período de 2 de março de 2018 a 2 de março de 2020, conforme Decreto “PE” nº 413, de 1º de março de 2018, publicado no Diário Oficial de Campo Grande – Diogrande.

Ao falar da importância do Conselho, cuja finalidade é propor diretrizes e prioridades voltadas ao desenvolvimento científico e tecnológico em benefício da comunidade campo-grandense, Marquinhos lamentou a interrupção das atividades da entidade. “Há mais de cinco anos este Conselho não estava em funcionamento e ele é de extrema importância para continuarmos inovando. neste ano que passou fizemos várias inovações. Uma das maiores conquistas cito o Internet para Todos, que assinamos o termo de adesão nesta semana. É uma conquista que vai atingir três pontos fundamentais da gestão: saúde, educação e segurança pública. Vamos levar a internet nas mais distantes unidades escolares, nos distritos que ainda não tem, vamos ter internet interligada nos pontos de segurança pública. é algo muito maior do que estávamos imaginando, não é apenas para navegar e sim para atendimento da administração pública”, salientou.

O Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação fica vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia – Sedesc, que viabilizará a infraestrutura operacional e administrativa necessária para a sua instalação e para o desempenho de suas competências.

O titular da Sedesc, secretário Luiz Fernando Buainain, que automaticamente assume a presidência do órgão, lembra que o CMCTI está parado desde o ano de 2011 e que a atual gestão não mediu esforços para reativá-lo, diante da importância de suas atribuições. “Dos quatro conselhos que são de responsabilidade da Sedesc, comente o Conselho de Tecnologia estava parado, quando teve suas atividades interrompidas desde o ano de 2011 e somente nesta nova gestão houve o interesse em retomá-lo. Isso é pensar lá na frente, no futuro, que não caminha mais sem a tecnologia que, inclusive influencia diretamente na economia da nossa cidade”.

Em nome dos conselheiros empossados nesta manhã, Jardel Pauber Matos e Silva falou da importante missão dele e dos demais membros a partir de agora. “Acompanhei de perto a tentativa da atual gestão municipal em reativar esse conselho tão importante. Um fator bastante positivo é verificar que Campo Grande hoje tem atuado com mais interação do poder público com as universidades, indústria e setor empresarial, o que é extremamente necessário para o desenvolvimento de qualquer país, cidade ou região. A prefeitura hoje dá um passo extremamente importante com a nomeação desse novo grupo, que tem a partir de já uma oportunidade única de contribuir para e por Campo Grande, numa troca de conhecimento visando a melhoria da qualidade de vida de todos que aqui vivem”.

Entre as atribuições do CMCTI está a de propor a criação de sistema de informações, visando subsidiar a operacionalização das ações de desenvolvimento de ciência, tecnologia e inovação do Município e a de apresentar sugestões de alocação de recursos para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação no orçamento anual do Município.

O diretor-presidente da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação – Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso, destacou o novo momento de Campo Grande, na era da inovação e tecnologia. “É muito positiva essa iniciativa da prefeitura em reviver um conselho tão importante para Campo Grande, que envolve vários setores da sociedade que, juntos estão pensando na tecnologia e na inovação, como fatores de progresso e desenvolvimento. As ações deste conselho certamente vão somar com os projetos que a atual gestão têm não apenas defendido, mas colocado em prática, numa demonstração evidente da visão do prefeito Marquinhos, que sempre acreditou na tecnologia e inovação. A partir da criação da Agetec no novo organograma, já estamos conseguindo organizar e criar uma estrutura eficiente da prefeitura, em conjunto com as demais secretarias. A Agetec estará à disposição do conselho para somar naquilo que se fizer necessário”.

 

Os novos membros do CMCTI são os seguintes:

I – Representantes de Órgão Governamental

1 – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária –Embrapa

Titular: Lucimara Chiari

Suplente: Rodrigo da Costa Gomes

2 – Secretaria Municipal de Educação – SEMED

Titular: Guilherme Mathias Ferrai

Suplente: Neila Andrade Tostes Lopez dos Santos

3 – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia – SEDESC

Titular: Luiz Fernando Buainain

Suplente: Edna de Moura Gouveia Antonelli

4 – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS

Titular:Nalvo Franco de Almeida Junior

Suplente: Valdir Souza Ferreira

5 – Agência Municipal de Tecnologia de Informação e Inovação – AGETEC

Titular: Paulo Fernando Garcia Cardoso

Suplente: Claudioney de Matos Ramos

6 – Secretaria Municipal de Saúde – SESAU

Titular: Jonatas Alves Craveiro

Suplente: Monnik Vieira Araujo Moitinho

7 – Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul-UEMS

Titular: Waldir Leonel

Suplente: Paulo Fernando Jurado da Silva

II – Representantes de Entidades Não-Governamentais

1 – Associação Comercial e Industrial de CG – ACICG

Titular: Ricardo Teixeira de Araujo

Suplente: Renato Paniago da Silva

2 – Serviço de apoio às Micro e pequenas Empresas -SEBRAE

Titular: Leandra Oliveira da Costa

Suplente: Rodrigo Maia Marcelo Pirani

3 – Rede Sul – Mato Grossense de Inovaçao/MS

Titular: Jardel Pauber Matos e Silva

Suplente: Fabricio Bazé de Albuquerque

4 -Federação do Comercio de Bens, Serviços e Turismo/MS – FECOMERCIO

Titular: Regina de Fátima Freitas Carvalho Ferro

Suplente: Wellington Lopes Moraes

5 – Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul-FIEMS

Titular: Julião Flaves Gaúna

Suplente: José Francisco Veloso Ribeiro

6 – Universidade Católica Dom Bosco – UCDB

Titular: Alinne Pereira de Castro

Suplente:Susana Elisa Moreno

7 – Sindicato Rural – Campo Grande/MS

 

Titular: Rodolfo Vaz de Carvalho

Suplente: Thiago Arantes

8 – Universidade UNIDERP

Titular: José Sabino

Suplente: Marcos Barbosa Ferreira

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas