MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
25/08/2019
04 de julho de 2019 às 09h24 | Geral

Corpo de Bombeiros em Bonito vai diminuir distância de 55 km para salvamento

A edificação do prédio deve durar 12 meses, prazo estipulado em contrato

Por: GOV MS

Com a autorização do governador Reinaldo Azambuja para a construção do quartel do Corpo de Bombeiros em Bonito, na quarta-feira (3.7), a empresa vencedora da licitação para a obra, Gomes & Azevedo, tem 30 dias para iniciar o serviço. A edificação do prédio deve durar 12 meses, prazo estipulado em contrato.

“Mais do que um sonho, o Corpo de Bombeiros em Bonito é uma necessidade”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja ao assinar o documento que autoriza o início da obra.

Atualmente, ocorrências com vítimas na cidade do ecoturismo são atendidas pelo município de Jardim. “Quando nos acionam temos que percorrer 55 quilômetros de estrada, o que aumenta nosso tempo de socorro”, explica o comandante do 2º Subgrupamento dos Bombeiros em Jardim, major André Vitório Munhoz Rosa de Oliveira.

A unidade da corporação em Bonito dará mais segurança e qualidade de vida para 21,7 mil habitantes, população estimada pelo IBGE em 2018. Os cerca de 60 mil turistas que visitam a cidade a cada três meses, conforme dados do Observatório de Turismo e Eventos de Bonito (OTEB), também serão beneficiados com a obra do Governo do Estado.

“Os bombeiros vão trazer mais proteção em ocorrências de emergência, como acidentes, incêndios e principalmente afogamentos. Além disso, também vamos atuar com intensidade na prevenção”, afirmou o major André.

Obra

O 8º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Bonito será construído na entrada da cidade, na rodovia MS-178 em frente ao Clube do Laço da Nabileque, em uma área doada pela Prefeitura Municipal. O valor da obra ultrapassa os R$ 3 milhões – recursos próprios do tesouro do Governo de Mato Grosso do Sul.

Em uma área total de 972,57 m², o prédio será dividido em três partes: bloco administrativo, garagem para viaturas e bloco de alojamento. A estrutura será composta por escritório com recepção, salas de vistorias e expediente dos servidores (sala de rádio, sala do comandante, etc), almoxarifado, copa, cozinha, depósito, refeitório, sanitários, vestiários e central de armaduras.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas