MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
09/04/2020
25 de fevereiro de 2020 às 10h28 | Cultura

Corumbá encerra a folia celebrando os velhos carnavais

O último dia de carnaval em Corumbá exalta o romantismo, a pureza, as bandinhas de sopro e muita serpentina e confetes, com o desfile das alas de pastorinhas e dos marinheiros, do corso (carros antigos enfeitados) e cordões carnavalescos.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
É o Carnaval Cultural, criado pela prefeitura há mais de 15 anos para celebrar uma festa que se concentrava nos clubes até a criação da primeira escola de samba da cidade, em 1946. A terça-feira (25) proporciona aos corumbaenses e turistas uma volta a um passado que ainda preserva os cordões carnavalescos, que surgiram no Brasil no final do século XIX. Corumbá mantém essa tradição com os cordões Cinelândia, Cravo Vermelho, Flor de Corumbá e Paraíso dos Foliões, alguns fundados há mais de 70 anos. A forma de expressão do carnaval ganhou esse nome porque os foliões saiam em filas pelas ruas. O Carnaval Cultural terá início às 20h, na Avenida General Rondon, com o abre-alas pelos bonecões que homenageiam personalidades populares da cidade. Na sequência, passará o corso, alas das pastoras e dos marinheiros, bloco de frevo, cordões e bloco dos palhaços, que atrai milhares de foliões. O último de folia terá, ainda, a passagem pela avenida do bloco independente Afoga o Ganso e show gratuito com o cantor Reinaldinho (ex-vocalista do Grupo Terra Samba), no palco armado na Praça Generoso Ponce, às 23h. O carnaval corumbaense tem o apoio do Governo do Estado, que destinou R$ 700 mil para o evento, recurso este distribuído entre as escolas de samba, blocos e prefeitura.
Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas