MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
19/04/2018
20 de fevereiro de 2018 às 09h15 | Geral

Deputada Tereza Cristina assume presidência da FPA nesta terça-feira, em Brasília

No comando da FPA, Tereza deixa o cargo de vice-presidente, posição que ocupou em 2017

Por: FPA
Divulgação

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) realiza, nesta terça-feira (20), cerimônia de posse da nova diretoria que vai compor a gestão da instituição no ano de 2018. A deputada Tereza Cristina (DEM/MS) assume a presidência, no lugar do deputado Nilson Leitão (PSDB/MT), que assumiu a liderança do partido na Câmara dos Deputados. No comando da FPA, Tereza deixa o cargo de vice-presidente, posição que ocupou em 2017.

Em sua gestão, a deputada quer incluir na pauta de discussões políticas públicas mais eficientes ao desenvolvimento do agronegócio nacional, com uma proposta mais consolidada para obtenção de financiamento à produção agrícola no país, bem como novas fontes de renda e investimento aos produtores rurais. “O principal objetivo é reduzir a dependência do crédito agrícola oficial, dando mais estabilidade e fôlego ao setor produtivo que garante o abastecimento e a segurança alimentar de milhares de brasileiros diariamente. Os produtores precisam ter sua renda garantida em detrimento da expressiva produtividade que alcançam”, ressalta Tereza Cristina.

A deputada também vai dar prioridade à modernização das leis vigentes sobre defensivos agrícolas, licenciamento ambiental e aquisição de terras por empresas brasileiras com maior capital estrangeiro. “Só é possível garantir segurança jurídica e competitividade ao setor se buscarmos modificar a legislação atual. Essa não acompanhou os avanços conquistados ao longo dos anos. São leis defasadas e que travam o desenvolvimento social e econômico do Brasil”, afirma a nova presidente. Demarcação de terras indígenas e quilombolas, além da produção agrícola para os índios são temas que merecem ainda destaque na atuação da Frente.

Perfil – Antes de se apresentar como candidata à Câmara dos Deputados, a engenheira agrônoma, graduada na Universidade Federal de Viçosa (MG), foi cotada para concorrer ao governo de seu Estado. No Mato Grosso do Sul, ocupou como gerente-executiva quatro secretarias: Planejamento, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo. No último ano, ocupou a liderança do PSB na Câmara dos Deputados.

Em sua gestão, o MS teve crescimento exponencial nas exportações de carne, com a obtenção do certificado de área livre de febre aftosa emitido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Na área industrial, foram abertas 14.278 novas empresas, com geração de 178 mil novos empregos, além do salário médio do Estado ter subido de R$ 1.195,00, entre 2007 e 2012, para R$ 1917,00. Além do crescimento vertiginoso do destino turístico do Pantanal, o sítio de Bonito, com atuação de Tereza Cristina, ganhou o selo de Melhor Destino de Turismo Responsável do Mundo.

Serviço:

Solenidade de posse – Nova Diretoria Frente Parlamentar da Agropecuária

Data: 20/02/2018

Horário: 20 horas

Local: Dúnia City Hall – QI 15 – Lago Sul

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas