MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/10/2017
29 de abril de 2016 às 11h27 | Economia

Desemprego fica em 10,9% no 1º trimestre de 2016, diz IBGE

Taxa é a maior desde o início da série da Pnad Contínua, em 2012

Por: G1

O desemprego ficou em 10,9% no primeiro trimestre deste ano, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa taxa é a maior desde o início histórica da Pnad Contínua, em 2012.

No trimestre encerrado em dezembro, o índice havia chegado a 9% e no primeiro trimestre de 2015, bateu 7,9%.

Segundo o IBGE, o aumento da taxa de desocupação ocorreu por causa da “alta expressiva da desocupação, redução da ocupação e aumento da força de trabalho”.

A quantidade de pessoas desocupadas cresceu 22% em relação ao período outubro a dezembro e chegou a 11,1 milhões. Já na comparação com o primeiro trimestre de 2015, a alta foi ainda maior, de 39,8%.

Na outra ponta, a população ocupada, que somou 90,6 milhões de pessoas, recuou 1,7% sobre o trimestre encerrado em dezembro do ano passado e 1,5% sobre o período de janeiro a março de 2015.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas