MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
19/09/2017
12 de setembro de 2016 às 10h22 | Geral

Dourados terá investimentos de R$ 110 milhões com renovação da concessão da Sanesul

A iniciativa vai garantir atendimento de 100% da coleta de esgoto no prazo de oito anos

Por: NotíciasMS

O governador Reinaldo Azambuja anunciou um plano de investimentos de R$ 110 milhões na área de saneamento básico em Dourados, para os próximos três anos. Os recursos serão garantidos com a renovação da concessão dos serviços de água e esgoto por mais 25 anos, entre a empresa e o município, cuja proposta aguarda aprovação em segunda votação pela Câmara de Vereadores.

Durante visita a Dourados, no último sabado (10), Azambuja comentou a discussão em torno da concessão, com uma corrente favorável a sua suspensão com apoio do Ministério Público. Ele disse que tratou do assunto com o procurador-geral do MPE, Paulo Passos, quando apresentou o plano de investimentos para o município, que elevará a cobertura da rede de captação e tratamento de esgoto para 97% dos domicílios douradenses até 2019.

“Essa questão da concessão hoje está equacionada e aguardamos a sua aprovação definitiva, pela Câmara de Vereadores, para que a Sanesul possa avançar na expansão dos seus serviços em Dourados”, disse o governador.

Em entrevista, Azambuja atribuiu a proposta contrária à permanência da empresa no município a interesses políticos, “que se afloram durante o período eleitoral”. “Mas chegamos a um denominador comum, elevando os interesses públicos. Tivemos uma conversa muito franca e clara com o Ministério Público”, pontuou.

Esgotamento 100%

Reinaldo Azambuja argumentou que a Sanesul, como empresa pública, precisa de resultados por meio do retorno de seus investimentos, cuja garantia se dá com a prestação de serviços de água e esgoto, que hoje se estende a maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul.

“Tenho que cuidar da empresa, que não é minha, é pública”, citou, lembrando que o Governo do Estado publicou, na semana passada, o primeiro edital da Parceria Público Privada (PPP) para universalização do esgotamento sanitário em todos os 79 municípios, com quatro empresas credenciadas.

A iniciativa, segundo o governador, garantirá o atendimento de todos os municípios com 100% da coleta de esgoto, no prazo de oito anos. “De forma inédita, Mato Grosso do Sul será o único Estado com a cobertura total de todos os lares com esgotamento sanitário, só possível com a PPP”, destacou Azambuja.

Quanto ao investimento de R$ 110 milhões garantidos pela Sanesul em Dourados, o governador detalhou que os recurso serão aplicados em esgotamento sanitário, melhoria na distribuição de água e redução de perdas, além de melhorar a qualidade dos serviços prestados aos consumidores.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas