MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
02/03/2021
22 de novembro de 2020 às 10h00 | MS

Em live, Luan Santana promove “Movimento Pantanal Chama” e turismo do MS apoia ação solidária

Como bom sul-mato-grossense o cantor Luan Santana, que é nascido em Campo Grande, sempre teve o Pantanal como referência.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
E como bom brasileiro, também sentiu as dores causadas pela maior queimada das últimas décadas e que afetou boa parte da fauna e flora pantaneira. Foi então que ele criou o 'Movimento Pantanal Chama' e, somando forças com o poder público, sociedade civil, institutos sem fins lucrativos e ongs, formaram o movimento para ajudar na recuperação do bioma, das comunidades ribeirinhas, indígenas, quilombolas, dos animais e de todo o Pantanal. No último dia 11, o cantor viajou até Corumbá para acompanhar de perto os estragos causados pelas queimadas no Pantanal. “Quis ver com os meus próprios olhos como está a situação. Fiquei tão impactado em me deparar com aquele paraíso assim, todo cinza, como uma cena de filme de guerra. Eu até entendo que a gente mora longe e se sinta pouco afetado por tudo isso que está acontecendo. Sabemos que bichos morreram, que área gigantesca foi devastada, mas, às vezes, a gente não entende como isso pode afetar a vida da gente. A minha visita hoje é para descobrir essas respostas. E lutar para que muitos possam me ajudar”, afirma. O cantor fará uma live no próximo domingo (22.11), a partir das 16h (às 17h pelo horário de Brasília), a bordo de um barco no meio do Rio Paraguai, próximo à Serra do Amolar, um dos lugares mais afetados pelas queimadas no Pantanal de Mato Grosso do Sul este ano. Todas as doações e a verba arrecadada no show online, transmitido pelo canal oficial do cantor no YouTube e no @natgeobrasil, serão destinadas às ações de recuperação. Tanto a visita técnica, quanto os trabalhos para a transmissão da live estão sob fiscalização da Anvisa e passando por criteriosos protocolos de biossegurança. Toda a equipe técnica que está envolvida na produção do show online passou pelo teste da Covid-19, todos os resultados deram negativos. Apoio solidário A Fundação de Turismo do MS, o trade sul-mato-grossense e o Instituto Homem Pantaneiro também são parceiros solidários da ação com apoio logístico, de suporte e na articulação para que a realização da live em prol do bioma pantaneiro fosse feita no local adequado.
Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas