MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
15/12/2019
29 de março de 2019 às 08h40 | Saúde

Em três meses, Estado repassa mais de R$ 8,4 milhões para a saúde de Dourados

Estado também ativou o Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados

Por: GOV MS
Divulgação/GOV MS

Desde o mês de janeiro deste ano o governo do Estado já efetuou repasses para a saúde de Dourados que somam R$ 8.444.517,67. A informação é do secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende. Segundo ele, a medida atende à determinação do governador Reinaldo Azambuja, que tem a saúde pública como uma das prioridades da atual gestão.

“Melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em parceria com os municípios é um dos desafios que nos foram colocados pelo governador. Praticamente todos os dias, efetuamos repasses de recursos, inclusive que se encontravam em atraso, não apenas para Dourados, mas para municípios de todo o Estado”, explica Geraldo Resende.

Os repasses para Dourados, efetuados diretamente ao Fundo Municipal de Saúde do município referem-se ao pagamento de prestação de serviços por diversas unidades de saúde como, por exemplo, ao Hospital da Vida (cuja UTI tem financiamento do Estado, assim como a UPA), Hospital Universitário, remuneração de agentes comunitários de saúde e de combate a endemias; e para o Centro de Especialidades Odontológicas, entre outras ações.

Lançados

O Governo do Estado já lançou, para pagamento nos próximos dias, recursos que somam R$ 2.806.297,79 referentes a repasses vencidos, em sua maioria, em janeiro deste ano.

“Estamos fazendo todos os esforços para colocar em dia todos os repasses atrasados e queremos, nos próximos meses, ter condições de efetuar os pagamentos no próprio mês em que ocorrer o vencimento. O governador Reinaldo tem colocado todas as energias da administração nesse sentido, pois entendemos que uma saúde pública de qualidade somente se faz com o repasse regular de recursos, aliado a uma boa gestão tanto em âmbito estadual quanto naquele de responsabilidade dos municípios”, diz Geraldo Resende.

Região

Também como forma de apoio ao Município de Dourados, o Governo do Estado ativou, em maio do ano passado, o Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados, que desde então, já realizou mais de oito mil consultas e 1.133 procedimentos cirúrgicos de média complexidade em pacientes oriundos de toda a região, somando os números de 2018 e os dois primeiros meses deste ano.

Com 32 leitos, o Hospital realiza uma média de 800 consultas/mês e 208 cirurgias mensais nas seguintes especialidades: Cirurgia Geral, Ortopedia, Ginecologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Vascular e Oftalmologia. Além disso, faz exames de ultrassonografia, radiografia, eletrocardiograma, endoscopia e colonoscopia.

“As cirurgias ortopédicas, que não vinham sendo realizadas por nenhum hospital da região, agora são feitas no Regional da Grande Dourados, evitando que os pacientes tenham que se deslocar para Campo Grande”, afirma a superintendente Geral de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Mariana Corda.

Equipamentos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde tem auxiliado o Município de Dourados com a cessão de equipamentos que estão no Hospital da Vida, Clínica da Mulher e na UPA. Entre eles, no Hospital da Vida, dois tomógrafos, um aparelho de Raios-X móvel, um arco cirúrgico (200 imagens), um conjunto radiológico fixo, nove estações de visualização de exames e uma digitalizadora de exames de Raios-X.

Para a Clínica da Mulher de Dourados, foram cedidos três aparelhos de ultrassom, uma digitalizadora de exames de Raios-X e mamografia, doze conjuntos de cassete e placa de leitura para mamografia (tipos I e II) e cinco estações de visualização de imagem.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Dourados também recebe auxílio do governo do Estado com a cessão de equipamentos como um aparelho de ultrassom e cinco estações de visualização de exames, entre outros aparelhos de menor complexidade.

Em construção

Outra medida que trará grande impacto à saúde da população douradense de outros 32 municípios é a construção do Hospital Regional, que está em andamento.  A Unidade Hospitalar já está em construção e significará um investimento global de mais de R$ 53 milhões quando concluídas as três etapas da edificação. O investimento foi conquistado pelo secretário estadual de Saúde, ainda no mandato de deputado federal, em articulação com o governo do Estado.

O Hospital atenderá pacientes dos 33 municípios das regiões da Grande Dourados, Consul e Faixa de Fronteira do Estado. A unidade terá leitos distribuídos em enfermaria masculina e feminina, de isolamentos, UTI adulto, UTI pediátrica, leitos de observação adulto, centro cirúrgico e obstétrico, farmácia, unidade de nutrição, anexo de serviços, pronto atendimento e observação de isolamento, recuperação e pós-anestésica e recuperação de endoscopia, totalizando 210 leitos e 10.706 metros quadrados de área.

Anexo ao futuro Hospital Regional, o governo vai construir também um Centro de Diagnóstico Médico e um Centro de Especialidades, que envolverão investimentos da ordem de R$ 11,7 milhões, com a missão de atender moradores de toda a região.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas