MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
11/12/2017
23 de outubro de 2017 às 18h45 | Geral

Emendas federais destinadas às entidades municipais vão equipar instituições

Marquinhos Trad salientou a importância dos poderes trabalharem em conjunto

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

O CRAS Estrela do Sul, Centro de Múltiplas Referências e Convivência do Idoso “Vovó Ziza” e o Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas (Ismac) foram as três instituições municipais escolhidas para receber as emendas parlamentares do deputado Dagoberto Nogueira. De um total de R$ 510 mil, as instituições vão receber R$ 170 mil para a aquisição de bens e materiais para as entidades.

No CRAS Estrela do Sul, que será contemplado com R$ 30 mil, será construída uma piscina para aulas de hidroginástica. Já no Vovó Ziza, os R$ 100 mil serão usados para a compra de uma van para transporte dos idosos nas atividades realizadas pela entidade. Enquanto que o Ismac irá investir os R$ 40 mil em materiais permanentes para oftalmologia, computador, impressora multifuncional e impressora 3D.

Durante a assinatura da destinação das verbas, o prefeito Marquinhos Trad salientou a importância dos poderes trabalharem em conjunto. “Essa crise não atinge apenas os lares das pessoas, atinge as instituições, atinge a todos nós, todos os poderes, em todos os setores. E só há uma maneira de superá-la, fazendo um esforço de unidade, de respeito, fazendo uma concentração suprapartido como nós estamos fazendo. Como o Dagoberto que é do PDT, como o Reinaldo que é do PSDB, e como o eu que sou do PSD. Mas o que somos acima de tudo seres humanos”, disse.

O deputado federal Dagoberto Nogueira disse que são os governos estadual e municipal que permitiram a parceria. “Essa possibilidade que vocês estão dando para a gente poder fazer este convênio. Eu não sei se vocês sabem, hoje o governo federal, mesmo com emenda nossa não pode dar mais diretamente para as entidades. Eu tenho que fazer ou via estado, ou via prefeitura. E isso dificultou muito. E logo que conversei com o Reinaldo e com o prefeito Marquinhos, eles se prontificaram em ajudar”, disse.

Mais saúde

O governador Reinaldo Azambuja ressaltou que as emendas vêm ajudar os governos estadual e municipal a preencher uma lacuna nos atendimentos de saúde. “Quero dizer principalmente da importância de colocar essas emendas depois da aprovação da lei 104, que dificultou muito a transferência direta para todas as entidades. Nós não seriamos capaz de dar respostas a essas pessoas se não fosse o trabalho de vocês (das entidades), vocês cobrem uma lacuna que o Estado não consegue chegar”, disse.

Em nome das instituições, o diretor do Instituto IDE Enéas Andrade Barbosa contou que há dois anos eles pararam de servir refeições para as crianças e agora vão poder com a destinação da verba. “A vigilância sanitária viu que estávamos com as instalações inadequadas, e entendemos e cumprimos. Nesse tempo estamos construindo nossa cozinha e nosso refeitório, e com este recurso a gente vai conseguir equipar a cozinha e o refeitório. Em 2018 a gente volta a servir a alimentação”, afirmou.

Além das instituições municipais receberam as emendas parlamentares a Associação dos Diabéticos, associação Colibri, Hospital São Julião, Asilo São João Bosco, Cotolengo, Afrangel – Lar das Crianças com HIV/AIDS e Instituto IDE.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas