MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/11/2017
13 de janeiro de 2017 às 14h47 | Geral

Emprego na indústria cai em novembro e chega ao 22º mês de baixa, revela CNI

Com isso, o índice completou 22 meses consecutivos de baixa

Apesar de darem sinais de melhora na margem no faturamento e na produção em novembro, as fábricas continuaram demitindo naquele mês, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira, 13, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador que mede o emprego no setor continuou sua longa trajetória de queda que vem desde o começo de 2015 e registrou uma baixa de 0,3% em relação a outubro, considerando os efeitos de calendário. Com isso, o índice completou 22 meses consecutivos de baixa.

Na comparação com novembro de 2015, a redução nos postos de trabalho chegou a 5,5%. De janeiro a novembro, o emprego na indústria obteve um desempenho 7,8% inferior ao registrado nos 11 primeiros meses do ano anterior.

Com mais demissões, a massa salarial dos trabalhadores da indústria também recuou, com queda de 2,1% em novembro ante outubro. Em relação à novembro de 2015, a retração foi de 7,7%. Até o penúltimo mês de 2016, o setor teve uma massa salarial 8,6% menor que a do mesmo período de 2015.

No mesmo sentido, o rendimento médio do trabalhador da indústria caiu 1,5% em novembro, e acumula uma queda de 2,3% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Considerando os 11 primeiros meses de cada ano, a queda no rendimento médio dos empregados do setor foi de 0,9%.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas