MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/05/2017
21 de março de 2017 às 11h18 | Polícia

Empresários suspeitos de fraude em licitações federais são alvos da polícia

PF e CGU fazem a operação Licitante Fantasma contra grupo de MS.

Por: G1
Divulgação

A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) fazem nesta terça-feira (21), em Campo Grande, a operação Licitante Fantasma, contra empresários suspeitos de fraudar licitações federais.

De acordo com a PF, são cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, com participação de 20 policiais. Documentos foram apreendidos. Um revólver calibre 32, um calibre 38 e uma carabina, todos sem registros, foram encontrados durante as buscas em um dos endereços. Um homem foi preso em flagrante.

A ação é resultado de três anos de investigação contra o grupo, que de forma sistemática, fraudava compras realizadas no sistema de pregão eletrônico federal (ComprasNet) e outros certames da administração pública.

Conforme a PF, eles acertavam o preço e fraudavam lances efetuados nas licitações. Em um dos casos foi constatado ágio de 600% sobre o valor unitário dos produtos adquiridos, devido à intervenção da grupo.

No caso de licitações, os valores oferecidos pelos vencedores eram previamente ajustados, em violação aos princípios regulamentadores das licitações públicas, impedindo a livre concorrência e causando prejuízos de grande monta ao erário.

O grupo também é suspeito de abrir empresas para participar das licitações e certames, atuando como concorrentes, mas que não existiam de fato. Elas eram registradas, porém, pertenciam a donos de outras que participavam da concorrência e existiam de fato.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas