MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/10/2019
13 de junho de 2019 às 10h29 | Rural

Fiscais de MS vão ao Paraná conhecer trabalho de retirada da vacinação contra febre aftosa

O Estado figura como referência dentro do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa

Por: GOV MS

Uma comitiva sul mato-grossense foi conhecer de perto como funcionam os escritórios, e como é realizado o trabalho pelos colegas fiscais agropecuários nos postos fixos e barreiras volantes, no Estado vizinho, o Paraná.

O Estado, que tem 9,3 milhões de animais entre bovinos e bubalinos, figura como referência dentro do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), por conta das ações que possibilitaram solicitar a antecipação da retirada da vacinação, podendo fazer a última imunização do rebanho na campanha de novembro deste ano, antes do restante do grupo à qual pertence dentro do Programa.

Os membros do bloco V, o qual pertence Paraná e Mato Grosso do Sul, tem previsão de encerrar a obrigatoriedade da vacinação somente em 2021. Nele estão Mato Grosso, Rio Grande do Sul e o Estado de Santa Catarina, este último, que também já não realiza a vacinação obrigatória em todo rebanho.

Na oportunidade os profissionais da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), trocaram experiências, e puderam conhecer os Sistemas SISTRAN, e BI, as metodologias do controle de trânsito animal e de trânsito vegetal utilizadas por eles, os sistemas de supervisão interna, de análises de redes, o trabalho de comunicação de ingresso de GTA em estabelecimentos de abate, os sistema de emissão de GTA e PTV, os procedimentos de fiscalização nos Postos Fixos, procedimentos de fiscalização nas Barreiras Volantes e a barreira em volante conjunta Adapar/Iagro.

“Eles nos apresentaram todo o processo desde a emissão de documentos até o destino final da carga, conferimos o funcionamento dos postos fixos de fiscalização agropecuária e da barreira volante. Fomos muito bem recebidos e tivemos uma visita extremamente proveitosa” destacou o fiscal agropecuário da Iagro, Joelson Oliveira.

Fazem parte da comitiva, que esteve no Paraná nesta terça e quarta feira (dias 11 e 12 de junho) além de Joelson, Marcia Arakaki, Kamilla Lucas Silveira, Fernando Endrigo Garcia, Rodrigo Cantero Dorsa, Gerson Bueno Filho, Filipe Portocarrero, Marcos Aurélio Guimarães, Caroline Sakamoto e Hugo Nantes.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas