MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
19/11/2019
18 de julho de 2019 às 16h45 | Geral

Fluxos de processos da Rede de Patrimônio Imobiliário de MS são debatidos em oficinas

O encontro foi dividido em cinco dias

Por: GOV MS

Nos dias 10, 11, 12, 18 e 19 de julho, a Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), por intermédio da Superintendência de Patrimônio e Transporte (Supat), realizou oficinas com os representantes da Rede de Patrimônio Imobiliário (Repati) para institucionalizar o modelo de gestão estratégica de patrimônio.

Durante as reuniões, a SAD apresentou o status do contrato de gestão – exibido na última reunião geral do dia 12 de junho – e mapeou os processos, para que, em grupos, pudessem analisar e opinar sobre os fluxos.

O encontro foi dividido em cinco dias com o intuito de que as turmas fossem menores e gerasse um ambiente mais produtivo. Ao todo, foram nove processos mapeados pelas unidades gestoras da administração indireta e 15 processos mapeados com as unidades diretas. O próximo passo é a validação dos processos pelos gestores de cada órgão. Esta etapa está prevista para ser realizada entre os dias 25 e 26 ainda deste mês.

Além das atividades que são desenvolvidas, os servidores responsáveis podem obter subsídios necessários para regularizar, aumentar a eficiência, agilidade e uniformidade aos procedimentos com o Manual de Procedimentos para Gestão do Patrimônio Imobiliário disponível no site da SAD.

Bem como, com o Curso de Gestão de Patrimônio Imobiliário da Escolagov, que é oferecido para todos os interessados na gestão do Patrimônio Público, inclusive a população sul-mato-grossense, na modalidade EAD.

Patrimônio Imobiliário

O decreto nº 14.594, de 31 de outubro de 2016, dispõe sobre a instituição do Sistema de Gestão de Patrimônio Imobiliário (Sigespi) e cria a Rede de Patrimônio Imobiliário de MS (Repati), no âmbito do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas