MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
09/04/2020
17 de setembro de 2015 às 10h35 | Polícia

Garras investiga assassinato do ex-prefeito Oscar Goldoni

A polícia coleta pistas que possam elucidar o caso

Por: O Progresso

A Polícia Civil de Ponta Porã intensifica as investigações do assassinato do empresário Oscar Goldoni, morto a tiros na terça-feira, 15 de setembro, quando saía da agência do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), localizada no bairro São Domingos, um dos mais populosos do município de fronteira.

Dois dias após o crime, a polícia coleta pistas que possam elucidar o caso. Conforme informações preliminares, a vítima teria disparado contra os autores do crime, existindo a possibilidade de um dos assassinos ter sido alvejado, tendo desta forma dificuldades para uma fuga.

A hipótese não foi confirmada pela Polícia Civil de Ponta Porã. O delegado Patrick Linares, do 2° Distrito Policial, responsável pelas investigações, vem atuando de forma conjunta com a polícia de Pedro Juan Caballero, Paraguai, que colabora na busca dos assassinos, além de uma equipe do Garras, de Campo Grande. “Trabalhamos com todas as hipóteses. A vítima tinha muitos amigos e também inimigos, vamos continuar trabalhando nas investigações”, disse Patrick Linares, à reportagem.

De acordo com o delegado regional, Clemir Vieira Junior, havendo novidades, será anunciada uma entrevista coletiva para toda imprensa do Estado. “Estamos acompanhando o caso, não existe a confirmação de um possível ferimento de um dos autores. Assim que tivermos novidades no caso, vamos anunciar uma coletiva”, disse Clemir.

O velório do ex-prefeito de Ponta Porã, eleito em 1994, aconteceu no Anfiteatro da Prefeitura de Ponta Porã, que decretou luto oficial de três dias. 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas