MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/07/2018
23 de novembro de 2017 às 14h47 | Geral

Gasto de brasileiros no exterior sobe 15% e tem maior valor para outubro em 3 anos

No mês passado, despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 1,63 bilhão

Por: G1

Os gastos de brasileiros no exterior cresceram 15,2% em outubro deste ano, para US$ 1,63 bilhão, informou nesta quinta-feira (23) o Banco Central.

No mesmo mês de 2016, as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 1,42 bilhão. No mês passado, as despesas também foram as maiores para outubro desde 2014 (US$ 2,11 bilhões).

Os gastos de brasileiros lá fora crescem em um período no qual o dólar está mais comportado. Em outubro do ano passado, o dólar estava cotado a R$ 3,15, contra um patamar ao redor de R$ 3,25 no mesmo período deste ano.

Além disso, a moeda norte-americana também ficou mais baixa no decorrer de 2017. Em 2016, entre janeiro e agosto, a cotação da moeda variou entre cerca de R$ 4 e R$ 3,20.

Neste ano, a variação é bem menor: a moeda começou cotada por volta de R$ 3,27, chegou a R$ 3,30 ao final de junho, após tensões políticas, e baixou para R$ 3,15 no fim de agosto.

A queda do dólar deixa mais baratas as despesas lá fora, como hotéis e passagens, por exemplo. Além do dólar, o início da retomada do crescimento na economia brasileira, registrada nos dois primeiros trimestres deste ano, também favorece as viagens ao exterior, segundo analistas.

No acumulado dos dez primeiros meses deste ano, ainda de acordo com dados do BC, as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 15,78 bilhões, com aumento de 32,6% em relação ao mesmo período do ano passado - quando somaram US$ 11,9 bilhões.

Gastos de estrangeiros no Brasil

Em outubro deste ano, informou o Banco Central, os estrangeiros gastaram US$ 463 milhões no Brasil, com pequena alta frente ao patamar registrado no mesmo mês de 2016 (US$ 434 milhões).

Já no acumulado dos nove primeiros meses deste ano, os gastos de estrangeiros no Brasil totalizaram US$ 4,82 bilhões - com recuo frente ao mesmo período do ano passado, quandos somaram US$ 5,1 bilhões.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas