MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
09/07/2020
20 de dezembro de 2019 às 10h27 | Interior

Governo cria Comitê e inicia atendimento às reivindicações recebidas no Governo Presente

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul publicou, nesta semana, o decreto N° 1.765, instituindo a criação do “Comitê Estadual do Governo Presente”

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul publicou, nesta semana, o decreto N° 1.765, instituindo a criação do “Comitê Estadual do Governo Presente”.

A medida tem como objetivo definir, avaliar e gerenciar as demandas, metas e as execuções de obras e investimentos relacionadas ao programa que serão desenvolvidas nos municípios nos próximos três anos.

O Comitê dá prosseguimento ao trabalho, executado entre os meses de setembro e novembro de 2019, em que o governador e secretários de estado reuniram-se com os representantes das 79 cidades de MS para ouvir as demandas das lideranças e compreender quais áreas e investimentos são prioritários, com benefícios imediatos para a população.

“Pensar na gestão e na eficiência passa por ponto muito importante: saber ouvir.

Pensando nisso realizamos o Governo Presente.

Trabalhando em conjunto somos mais eficientes e promovemos o crescimento e melhorias que trarão benefícios à população”, explicou o secretário de Governo, Eduardo Riedel.

No decreto, fica estipulado que a coordenação do Comitê Estadual ficará a cargo da Segov e será constituído por quinze membros representantes das secretarias de Governo, Educação, Saúde, Justiça, Meio Ambiente e Agricultura, gabinete do governador, escritório de Gestão Política e Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos.

Para Riedel, os caminhos que se abrem para o processo de desenvolvimento e modernização de Mato Grosso do Sul passam pelo planejamento, parcerias e o diálogo constante do Governo com todas as cidades do Estado.

“Estamos finalizando a catalogação de todos esses investimentos e definindo orçamento para um pacote de ações que será anunciado em março de 2020. Este planejamento é fundamental para que possamos focar naquilo que é prioritário para cada região até 2022.

As ações, definidas em conjunto com vereadores e prefeitos, incluem projetos de infraestrutura urbana, de desenvolvimento regional e melhoria das condições de acesso, dentre outros pedidos”, explicou Riedel.

Nesta semana, o Governo já iniciou as devolutivas dos pedidos realizados pelos prefeitos de Alcinópolis, Bandeirantes, Cassilândia e Corguinho, projetando novos investimentos e reforçando o compromisso com a população da região.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas