MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
15/12/2018
09 de novembro de 2018 às 12h34 | Geral

Mais um reajuste: gás de cozinha fica até R$ 10 mais caro ao consumidor

A Petrobrás anunciou reajuste de 8,2% a 9%

Por: Da Redação
Reprodução

O preço do gás de cozinha foi reajustado pela Petrobras e o aumento varia entre 8,2% a 9%. Desde janeiro, a estatal reajusta o botijão de gás trimestralmente. Em janeiro e abril, os valores foram reduzidos e em julho, elevado. Agora, com o novo reajuste, revendedores afirmam que o preço para o consumidor pode aumentar até R$ 10.

No Alto Posto Norte Sul, Felipe Araújo afirma que o preço ainda não subiu, mas a partir de amanhã, com a chegada de novos lotes, o preço será reajustado. Hoje o gás é vendido por R$59,90 no dinheiro e no débito e R$ 69,90 no crédito.

Proprietário da revendedora Caciano gás, José Caciano Neto vendia o gás por R$64,90 a R$ 70, de acordo com a marca. Hoje o preço já subiu e o botijão é comercializado entre 74,90 a 79,90. Além do aumento do preço trimestral, os revendedores reclamam do mercado ilegal, que prejudica os negócios.

“O impacto maior é para os revendedores, porque o consumidor que não entende e acha que quem passa o aumento são as revendedoras e não a Petrobras. Desestabiliza o mercado e é ruim para o consumidor também”, comenta. Ele acredita que cerca de 400 empresas em Campo Grande sejam ilegais, que vendem o gás com preço menor, cerca de R$ 5.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas