MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
03/03/2021
13 de novembro de 2020 às 11h54 | MS

MS registra 920 denúncias pelo Disque 100 em 10 meses; serviço agora conta com whatsapp

Mato Grosso do Sul já registrou, somente nos 10 primeiros meses deste ano, mais de 920 denúncias pelo Disque 100.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Os dados são acompanhados pela Superintendência da Política de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast). O serviço agora também recebe denúncias pelo aplicativo WhatsApp, no número (61) 99656-5008. Imagens, vídeos e documentos que reforcem a denúncia podem ser enviados. Os dados são sigilosos. Entre as denúncias, situações envolvendo crianças e adolescentes estão no topo da lista, com 420 chamados. Logo em seguida vem as denúncias envolvendo idosos, com 378 casos, e pessoas com deficiência, com 80. Ligações apontando para casos com mulheres, LGBT+ e pessoas em restrição de liberdade também constam no monitoramento. “Quando uma pessoa liga para a central do Disque 100, essa denúncia é recebida e filtrada pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH) e encaminhada aos setores competentes em cada cidade do Estado. Em nossa central de monitoramento recebemos os relatórios de como essas denúncias estão sendo tratadas e acompanhamos também esses números envolvendo Mato Grosso do Sul”, esclarece a superintendente da Política de Direitos Humanos da Sedhast, Ana Lúcia Américo. O Disque 100 é um canal da política dos direitos humanos e atende graves situações de violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estão em curso, acionando os órgãos competentes e possibilitando o flagrante. Em todas as plataformas, as denúncias são gratuitas, anônimas e recebem um número de protocolo para que o denunciante possa acompanhar o andamento. Qualquer pessoa pode acionar o serviço, que funciona 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.
Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas