MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/11/2017
20 de outubro de 2016 às 14h15 | Saúde

MS tem 89,87% dos municípios com alta incidência de dengue

Período de maior procriação do aedes aegypti, ainda está no início

Por: Da Redação

A temporada de chuva, período de maior procriação do mosquito aedes aegypti, ainda está no início.  O inseto é responsável por transmitir dengue, febre chikungunya e o vírus da zika. Mato Grosso do Sul tem 89,87% dos municípios com alta incidência de dengue. Os dados são dos boletins epidemiológicos divulgados nesta quarta-feira (19).

A doença ocasionou 19 mortes em oito cidades sul-mato-grossense em 2016. A dois meses para o ano terminar, a Secretaria do Estado de Saúde (SES) notificou 58.484 casos de dengue. Os meses de maior incidência foram janeiro e fevereiro.

Outra transmissão feita pelo aedes é a febre chikungunya. Já foram confirmados 20 casos em: Aquidauana (2); Campo Grande (8); Corumbá (4); Inocência (1); Jardim (2); Ladário (2) e Três Lagoas (1). São 168 suspeitas aguardam resultado de exame.

Especialistas não descartam a possibilidade de haver uma epidemia da doença no próximo ano. Segundo o infectologista Rivaldo Venâncio, o número de casos no país nos primeiros oito meses de 2016 é de cerca de cinco vezes maior em comparação a todo 2015.

Estado registrou 339 casos de vírus da zika. Desse total, 231 estão sendo monitorados. Durante o ano, 2.305 pessoas fizeram o exame e 1.753 tiveram a suspeita descartada.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas