MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
23/11/2017
08 de agosto de 2017 às 08h11 | Geral

Na Funasa, Tereza Cristina autoriza licitação de obras de saneamento para assentamentos de MS

Parte do recurso, pouco mais de R$ 2,5 milhões, é de emenda parlamentar da deputada federal

Por: Assessoria
Divulgação

A Funasa (Fundação Nacional de Saúde) liberou, nesta segunda-feira (7), abertura de processo licitatório de R$ 4.104.601,60 para obras de saneamento em três municípios de Mato Grosso do Sul. Mais de 1.400 pessoas serão atendidas com a obra que vai levar água para os assentamentos Juncal, em Naviraí; São Pedro, em Inocência e Floresta Negra em Eldorado.

Parte do recurso, pouco mais de R$ 2,5 milhões, é de emenda parlamentar da deputada federal Tereza Cristina, que assinou, ao lado do superintendente da Funasa em MS, Marco Aurélio Santullo e de representantes da bancada federal do Estado como o senador da República, Waldemir Moka e o deputado Carlos Marun, a autorização para dar andamento a obra do sistema de abastecimento nas três localidades.

Para a deputada Tereza Cristina as ações em parceria com a Funasa só reafirmam seu compromisso com a agricultura familiar e uma das principais prioridades de seu mandato: que é a de levar água ao campo em Mato Grosso do Sul. “Estamos extremamente realizados em poder levar água a torneira de quem produz. A riqueza do campo reflete na economia das cidades e poder auxiliar a chegada deste benefício em muitas áreas que não o possuem, é gratificante. Nosso trabalho árduo e incansável tem frutificado e trazido boas conquistas para o MS. Vamos dar continuidade a essa força tarefa com os órgãos federais levando água, destravando a titulação de áreas rurais com o Incra para que mais e mais famílias possam viver dignamente no campo”, disse a parlamentar.

No estado, as ações estão sendo, a cada dia, mais intensas na avaliação do superintendente da Funasa em MS. “Temos inúmeros recursos já disponíveis para obras de saneamento. São R$ 7,8 milhões em recursos que já estão em andamento. Além disso estamos estabelecendo uma parceria com o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária] e toda a bancada federal de Mato Grosso do Sul para levar água e titulação para os assentados. A nossa intensão tem sido construir um ‘bloco’ dos órgãos federais para resolver de vez os problemas dos municípios”, contou o superintendente Marco Aurélio Santullo.

A assinatura contou com a presença do ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli e do superintendente do Incra no MS, Humberto Mota Maciel. 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas