MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
29/06/2017
22 de fevereiro de 2017 às 14h27 | Geral

Número de empreendedoras em MS cresceu 24% nos últimos 10 anos

Segundo levantamento do Sebrae, o Estado possui mais de 100 mil empresárias

Por: Da Redação

De acordo com levantamento realizado pelo Sebrae/MS neste mês, o número de empreendedoras nas micro e pequenas empresas de Mato Grosso do Sul cresceu 24% nos últimos 10 anos. Atualmente, o estado possui 102 mil mulheres que são donas do próprio negócio, representando 25% do total de micro empreendimentos existentes.

O segmento em que há mais empreendedoras atuando é o do comércio, com 49% das empresárias, seguido pelo setor de serviços, com 40%. As mulheres já somam quase metade dos empreendedores que iniciam o próprio negócio no Brasil, e 40% das empresas consolidadas no mercado são geridas por elas.

Mulheres são donas de 25% do total de micro empreendimentos existentes em MS

A empresária Lochaine Rodrigues, que foi uma das vencedoras da etapa estadual do prêmio Mulher de Negócios em 2015, fundou sozinha sua empresa de contabilidade e explica que sempre pensou em ter o próprio negócio. “Trabalho com contabilidade desde os 15 anos. Eu percebi que queria ter minha empresa, tomar minhas decisões. Com 17 anos, entrei na faculdade e com 21 me formei. Aos 25, já estava pós-graduada na área de gestão”.

A LR Contabilidade, empresa de Lochaine, surgiu em 2014, depois que a empreendedora fez o acerto em seu último local de trabalho e conseguiu o capital de giro para começar. No início, tudo era feito pela própria empresária – desde as logos e cartões de visitas até a distribuição de panfletos. “Eu mesma fazia o material publicitário, para economizar. Antes, eu ia muito atrás do cliente. Hoje já temos muitas indicações e parcerias, os clientes me indicam e eu dou algum desconto, coisas assim”.

Em janeiro do ano que vem, o escritório completa quatro anos de funcionamento. Lochaine começou como Microempreendedora Individual (MEI) e, atualmente, a LR Contabilidade já é Micro Empresa (ME), com dois funcionários. Para a empresária, faltam bons profissionais no mercado, e ela busca se diferenciar pelo atendimento. “Eu sempre foquei em dar um bom atendimento e atender às necessidades dos meus clientes. Procuro me especializar para fazer o trabalho da melhor forma possível”.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas