MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/11/2019
03 de setembro de 2019 às 11h40 | Esporte

Onze paratletas de Mato Grosso do Sul ganham 13 medalhas nos Jogos Parapan-Americanos em Lima

Durante os Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019, onze atletas de Mato Grosso do Sul conquistaram treze medalhas durante a competição, incluindo ouro nas modalidades de atletismo, judô, futebol de sete e goalball.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Natural de Camapuã, Luan Simões Pimentel ficou em primeiro lugar no judô na categoria 73 kg. No atletismo, Jair Henrique Souza conquistou ouro no lançamento de dardo e bronze no lançamento de peso.

A campo-grandense Gabriela Mendonça Ferreira foi ouro no salto à distância, estabelecendo recorde da competição com 5m34. Conquistou ainda bronze nos 100 metros rasos.

Também de Campo Grande, Yeltsin Francisco Ortega Jacques ganhou o ouro nos 1.500 metros e o bronze nos 5.000 metros. Natural de Naviraí, Fabrício Júnior Barros Ferreira conquistou primeiro lugar no 100 metros e medalha de bronze nos 400 metros.

Nascido em campo Grande, Davi Wilker De Souza conquistou o bronze nos 400 metros.

De Caarapó, Jonatan Da Silva Ferreira conquistou o bronze nos 100 metros. Os atletas de Mato Grosso do Sul Hebert Honório Lemes Oviedo, Heitor Luiz Ramires Camposano, Leonardo Giovani Morais e Wesley Gabriel Dos Santos Ferreira compuseram a seleção de Futebol de sete que conquistou o ouro no Parapan-Americanos.

Nascida em Batayporã, Gleyse Priscila Portioli Henrique ganhou a medalha de ouro disputando pela equipe de Goalball.

O diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Marcelo Miranda, lembrou que Mato Groso do Sul é referência no esporte paraolímpico e que o resultado nos Jogos Parapan-Americanos reflete as políticas públicas voltadas para a categoria.

“Desde o início da gestão colocamos como prioridade o apoio ao esporte paraolímpico. Ampliamos nossos programas de iniciação esportiva para pessoas com deficiência e levamos os projetos para as escolas estaduais. Apoiamos todas as solicitações que chegam de clubes para participarem de campeonatos estaduais e destinamos 20% das bolsas, tanto para atletas, como para técnicos, para o esporte paraolímpico”, completou.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas