MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/10/2017
27 de abril de 2017 às 09h48 | Geral

Operação do Exército fiscaliza o setor de explosivos em Mato Grosso do Sul

Objetivo é coibir venda ilegal e uso destas substâncias em crimes

Por: G1

O Exército começou uma fiscalização no setor de explosivos em Mato Grosso do Sul. A ação que ocorre no estado faz parte da operação Azotto, que teve início nesta terça-feira (25), em todo o país para fiscalizar a produção, o armazenamento, a venda e o uso de materiais explosivos.

De acordo com o Exército, a ideia é saber como tem sido utilizados esses produtos controlados além de combater a venda ilegal e o desvio de substâncias químicas que podem ser utilizadas em ações criminosas, como roubos a bancos e caixas eletrônicos, por exemplo.

Em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, o trabalho está sendo desenvolvido pelo Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar (SisFPC/9). A fiscalização é monitorada em tempo real a partir do Centro de Operações de Produtos Controlados da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (Copcon/DFPC), em Brasília (DF).

No mês passado ocorreu uma outra ação semelhante, a operação Rastilho. Naquele trabalho, sete empresas dos dois estados chegaram a ser autuadas, por conta de irregularidades. Na época, os militares apreenderam armas e materiais usados em explosões.

Na nova ação, o Exército não divulgou os locais que serão fiscalizados em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas