MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
23/10/2017
01 de março de 2017 às 12h11 | Cultura

Para liga das escolas de samba, apoio do Governo foi fundamental para o sucesso do carnaval de Corumbá

A Liesco contratou 16 jurados de São Paulo para avaliar as escolas em oito quesitos

Por: NotíciasMS
Divulgação

O aporte financeiro de R$ 250 mil destinado pelo Governo do Estado para incentivar o desfile das escolas de samba de Corumbá, liberado diretamente para as entidades, contribuiu para manter o padrão e a qualidade do carnaval de rua de Corumbá, mesmo na crise econômica do País. A avaliação foi feita pelo presidente da Liesco, Liga das Escolas de Samba, Zezinho Martinez.

“O apoio do Governo do Estado foi significativo, nesse momento de dificuldades, e a presença do governador no desfile de segunda-feira foi importante para que ele e sua equipe tivessem a dimensão do que é o carnaval de Corumbá”, disse o dirigente carnavalesco. “Esperamos, e já temos uma sinalização, que para o próximo ano teremos mais recursos, o que nos permite trabalhar com tranquilidade e antecipadamente.”

Investimento

Zezinho Martinez destacou também a ajuda financeira da prefeitura, que liberou mais de R$ 650 mil às escolas, e enfatizou que as agremiações fizeram sua parte, realizando um grande desfile na Avenida General Rondon. Com a nova lei federal de captação de recursos para eventos, segundo ele, será mais fácil planejar e preparar a escola, além de um período mais longo para trabalhar o enredo e, consequentemente, realizar um bom carnaval.

“Sempre digo que Maracaju tem a Festa da Linguiça, Bonito o Festival de Inverno e Corumbá tem o carnaval. É preciso que grande parte dos recursos, públicos ou privados, sejam canalizados para quem realiza o melhor carnaval. Como disse o prefeito (Ruiter Cunha) e o próprio governador, o carnaval de Corumbá é um evento que tem retorno para a cidade ao movimentar o turismo e o comércio, portanto patrocínio é um investimento”, frisou.

Unificado

Segundo o presidente da Liesco, em 2018 o desfile das escolas de samba selará a unificação dos grupos especial e de acesso, formados pelas dez agremiações. Com isso, os desfiles de domingo e segunda-feira serão mais equilibrados e, por consequência, o público terá espetáculos com melhor nível técnico. A medida, diz Zezinho Martinez, motivará as escolas menores a se prepararem melhor porque a disputa será em igualdade.

Apuração

Nesta quarta-feira, a partir das 16h, acontece a apuração dos votos da comissão julgadora dos desfiles de escolas de samba, blocos oficiais e cordões carnavalescos. O evento, sempre cercado de muita expectativa e nervosismos entre as comunidades das agremiações, será realizado no setor de camarotes, na Avenida General Rondon. A Liesco contratou 16 jurados de São Paulo para avaliar as escolas em oito quesitos.

A programação do carnaval corumbaense encerra-se neste sábado com o Enterro dos Ossos, às 20h. Haverá show gospel, no palco central armado na Praça Generoso Ponce, com a participação do cantor Anderson Freire.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas