MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
13/12/2017
18 de setembro de 2017 às 14h21 | Geral

Polícia de trânsito estima que 40% dos condutores de Campo Grande dirijam sem CNH

Entre janeiro e agosto deste ano, mais de 2,6 mil condutores foram flagrados sem a habilitação

Por: G1

Estimativa do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran) é de 40% dos condutores estejam conduzindo veículos sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Campo Grande. A projeção foi feita na manhã desta segunda-feira (18), pelo comandante da unidade, tenente-coronel José Amorim Longatto, durante a abertura da programação da Semana Nacional de Trânsito na cidade.

Segundo a unidade, entre janeiro e agosto deste ano, mais de 2,6 mil condutores foram flagrados sem a habilitação na capital de Mato Grosso do Sul. Essa prática errada, mas que tem se tornando comum na cidade foi um dos temas debatidos no evento, que tem como tema: “Minhas Escolhas Fazem a Diferença no Trânsito". De acordo com a BPTran, essa infração de transito é considerada gravíssima. O cidadão flagrado nesta condição recebe uma multa no valor de R$ 880,41.

Longatto disse que em depoimento muitos condutores flagrados sem o documento relataramque preferem juntar dinheiro e comprar uma moto, por exemplo, e, somente depois disso, fazer o processo para a obtenção da CNH. Com isso, ele destacou que esses condutores se tornam "alvos perigosos" tanto para eles quanto para terceiros. Outra questão, conforme ele, e que como não possuem conhecimento sobre legislação de trânsito, eles passam a dirigir sem os devidos cuidados.

Durante o evento, o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), Roberto Hashioka, apresentou uma informação que reforça o quanto é importante o conhecimento sobre a legislação e a participação no processo para a obtenção da CNH. De acordo com ele, 90% dos acidentes de trânsito são provocados por falhas humanas.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas