MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/10/2017
21 de setembro de 2017 às 14h26 | Geral

Prefeito lança programa para melhorar qualidade de vida dos portadores de deficiência

O Programa, Deficiente, Eficiência e Auto Produtivo (DEIA) vai atender políticas públicas para deficientes

Por: PMCG

O Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência em Campo Grande contou com diversas atividades que foram realizadas na Praça Ary Coelho, no qual o prefeito Marquinhos Trad acompanhado da vice-prefeita Adriane Lopes fez o lançamento do Programa, Deficiente, Eficiência e Auto Produtivo (DEIA).

O Subsecretário de Defesa dos Direitos Humanos Ademar Vieira Junior (Coringa) considera este dia tão importante que pretende transformá-lo no Dia Municipal para as Pessoas com Deficiência.

“É um dia muito importante que reúne praticamente todas as secretarias municipais, da saúde, educação, assistência social, desenvolvimento econômico e muitas ações culturais mostrando que as pessoas com deficiência têm talento e condições de ir para o mercado de trabalho. O DEIA que é um programa que estamos lançando hoje envolve praticamente todas as secretarias, todas com um só objetivo de desenvolver políticas públicas para a pessoa com deficiência”, diz Coringa.

Para o prefeito Marquinhos Trad este dia 21 de setembro é para que a todos reflitam melhor sobre àquelas pessoas esquecidas com deficiência.

“Independentemente de qualquer situação física ou mental todas as pessoas vão encontrar amparo nessa administração. Temos hoje o caso do David Marques que está na Coordenadoria da Pessoa com Deficiência e que perdeu os movimentos de suas pernas muito cedo. Agora está trabalhando e recente formou em administração pública e está desenvolvendo um bom trabalho frente a coordenadoria. Nós da prefeitura vamos corrigir os erros do passado com o que foi injusto. A partir de agora formular políticas públicas para as pessoas com deficiência tenham mais acessibilidade em nossa Capital”, disse Marquinhos.

O secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais, Antônio Lacerda ressalta que o objetivo da Prefeitura é de tornar as pessoas independentes e com direito da acessibilidade.

“Logo que assumiu o prefeito Marquinhos fez o dever de casa e uma das primeiras coisas que eles fez, foi a reforma do banheiro do segundo andar com a implantação da acessibilidade aos portadores de deficiência. E assim estamos trabalhando para inclusão das pessoas e que se tornem independentes e livres do preconceito”, frisou Lacerda.

O Secretário Municipal de Assistência Social José Mario Antunes da Silva destacou a união entre as autoridades municipais e que todos estão unidos para fazer o melhor para as pessoas portadoras de deficiência.

“Nós trabalhamos com um único objetivo de incluir todas as pessoas na sociedade. Contamos com dois abrigos para pessoas com deficiência, no qual damos total apoio. Este evento de hoje, nos traz um grande desafio, vamos enfrentá-lo e fazer o melhor para que mais precisa”.

O cadeirante Alex Sandro Barbosa relata que quem anda em cadeira de roda estava um pouco esquecido e que este evento de hoje demonstra a preocupação das autoridades municipais, com a acessibilidade dos portadores de deficiência.

“Pelo que estou vendo hoje, as perspectivas para quem necessita de uma cadeira de rodas para se locomover estão melhorando e tudo isso é muito importante para nós”, comentou.

O portador de deficiência física, Ilson Costa se surpreendeu com o evento realizado na Praça Ary Coelho. “Há dez anos sou cadeirante e não tinha visto um evento como este que mostra nossa dificuldade e as autoridades reunidas buscando soluções para melhorar a acessibilidade”.

Vagner Freitas que é aluno dá APAE diz que a pessoa com deficiência é capaz de fazer muitas coisas.

“Eu não posso reclamar tenho recebido muito apoio da APAE, trabalho no centro de diagnóstico e estou grato pela oportunidade que recebi. Temos muitos direitos que muitas pessoas portadoras de deficiência não sabem. Este evento é uma troca de conhecimento e a oportunidade das pessoas saberem dos seus direitos”, finalizou Vagner.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas