MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
10/12/2018
04 de julho de 2018 às 11h36 | Geral

Prefeitura e Governo assinam convênio para construção de 80 unidades habitacionais na Aldeia Água Bonita

O convênio também prevê qualificação da mão-de-obra indígena

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Fundação Social do Trabalho (Funsat), e o Governo do Estado, por meio da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), assinaram convênio para construção de 80 unidades habitacionais na Aldeia Água Bonita. A assinatura aconteceu nesta terça-feira (3), no gabinete da Governadoria.

Será investido o montante de 670 mil reais, oriundos do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), por meio de projeto do Governo do Estado e contrapartida da Prefeitura, que disponibilizará qualificação a 50 indígenas moradores da aldeia, com salário e auxílio alimentação, durante 12 meses, tendo a oportunidade de construírem suas próprias casas, parceria igual a que já acontece na construção das casas da Comunidade do Bom Retiro, além de instrutores, orientadores e aquisição de equipamentos de proteção individual.

Os cursos de qualificação oferecidos serão os de pedreiro, auxiliar de pedreiro, auxiliar de azulejista, auxiliar de carpinteiro, auxiliar de eletricista, pintor e encanador, com instrutores e orientadores do arco ocupacional da construção civil.

O prefeito Marquinhos Trad ressalta a importância dessa parceria que levará moradia digna à aldeia. “Campo Grande é uma das capitais com a maior população indígena do país. Juntamos esforços para que pudéssemos construir com várias mãos algo que pudesse ser exemplo nacional. A contrapartida do governo municipal é com a qualificação onde, como já acontece no Bom Retiro, 50 moradores serão qualificados recebendo salário, equipamentos de proteção e auxílio alimentação durante 12 meses, oportunizando a eles uma profissão. O mais importante: com as pessoas de lá. Vamos caminhar olhando tanto para o Estado como para o município, pois o trabalho é sério, correto e transparente”, além de destacar a importância da participação dos deputados e vereadores na viabilização desse projeto.

O governador Reinaldo Azambuja também salientou a importância dessa parceria para levar dignidade aos moradores da área. “Procuramos solução para dar moradia digna aos moradores da Água Bonita e isso só foi possível com essa parceria, não é diferente daquela que estamos construindo lá no Bom Retiro. Terminaram o treinamento, a qualificação, além de erguer a sua própria residência, é uma profissão, estamos dando a oportunidade a homens e mulheres de terem uma profissão. Isso é extremamente dignificante. Nossa meta é chegar a 135 moradias”.

O diretor-presidente da Funsat, Cleiton Franco, destacou a importância dessa parceria para a qualificação da população indígena. “Mais uma parceria que irá tornar realidade o sonho de moradia digna para 135 famílias indígenas da Aldeia Água Bonita. Serão 50 moradores selecionados para formação teórica para construção das casas em regime de mutirão. O objetivo principal da Funsat é a qualificação visando à inserção no mercado de trabalho desses futuros alunos, uma vez que serão capacitados para trabalharem na construção civil”, disse.

O senhor Sander Barbosa, titular da comissão e representante dos moradores das casas que serão construídas, destacou o esforço para essa conquista da comunidade indígena. “Para nós é um momento muito gratificante, pois essa capacitação trará mão de obra qualificada da população indígena, para nós isso é uma conquista. Gostaria de agradecer essa oportunidade da Prefeitura. Nós teremos um futuro garantido, graças à doação da área pelo Governo do Estado, à Assembleia Legislativa, que atendeu a comunidade indígena. A união faz a força e por isso estamos aqui comemorando essa conquista. É uma felicidade muito grande poder sonhar hoje com a sua casa própria. Muito obrigado a todos os envolvidos”.

Participaram da solenidade de assinatura do convênio também os secretários estaduais Carlos Alberto de Assis (Administração e Desburocratização), Helianey Paulo da Silva (Infraestrutura), Athayde Nery (Cultura e Cidadania), Silvana Terena (Políticas Públicas para População Indígena), Antonio Lacerda (secretário municipal de Governo e Relações Institucionais), Eneas Netto (diretor-presidente da Agência municipal de Habitação), Cleiton Franco (diretor-presidente da Fundação Social do Trabalho), José Mário Antunes (secretário municipal de Assistência Social), os deputados estaduais Rinaldo Modesto, João Grandão, Zé Teixeira, Maurício Picarelli; os vereadores André Salineiro, delegado Wellington, João César Matogrosso, Lucas de Lima, Carlão e Willian Macskoud.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas