MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/09/2017
04 de janeiro de 2017 às 15h44 | Geral

Prefeitura firma parceria com Governo para recuperar ruas e construir moradias

O acordo aconteceu durante primeira visita do governador ao prefeito

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, e o governador Reinaldo Azambuja firmaram parceria que garantirá a recuperação de ruas e construção de moradias na Capital. O acordo aconteceu durante primeira visita do governador ao prefeito e a vice-prefeita, Adriane Lopes, na manhã desta quarta-feira (4).

“Toda ajuda é bem vinda, principalmente a do governador. Campo Grande faz parte do Estado e o governador, em um gesto republicano, extremamente altruísta, veio a Prefeitura e colocou o Estado à disposição da nossa cidade… Tivemos a interatividade entre secretários e governador, que numa explanação extremamente feliz administrativamente e politicamente, deu os contornos necessários de ajuda e prestativa solidariedade a nossa cidade”, declarou Marquinhos.

O prefeito ressaltou que tanto ele quanto o governador são contrários ao tapa-buraco, mas pontuou que a medida é emergencial por conta da difícil situação que a cidade se encontra, com buracos por diversas ruas.

“Vamos fazer tapa-buraco, mas já estamos pensando no recapeamento das principais avenidas e ruas da nossa cidade. Também estamos preocupados com a devida fiscalização. Vamos criar uma equipe própria de fiscalização junto a estas empresas e eles serão verdadeiros fiscais para saber se o trabalho está sendo bem executado”, detalhou.

Na segunda-feira, quando o prefeito assumiu, sete equipes faziam o serviço de tapa-buraco. Este número subiu para 12 hoje e chegará a 15 até sexta-feira. Com a ajuda do Governo do Estado, a expectativa é de que possa chegar a 30 equipes nas ruas da Capital.

“Hoje a gente tem um marco. Durante dois anos foi impossível dialogar… A primeira questão é o diálogo. Segundo, a construção destas pontes, que são pontes em todas as áreas para a gente atender as pessoas. Acho que iniciando esta reconstrução, selamos uma parceria que esteve muito tensionada nestes dois anos, mas agora mostra que é possível a Câmara, Prefeitura e Governo do Estado, todos juntos, trabalharem pela população da Capital”, pontuou o governador.

As famílias removidas da Cidade de Deus serão as primeiras atendidas pela parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Campo Grande. “A primeira amostra disso será com aquelas famílias da Cidade de Deus, que foram removidas e acabaram formando quatro subfavelas na nossa cidade. Nós vamos fazer um esforço concentrado, também com a participação da Câmara Municipal, para resolver definitivamente o problema destas famílias”, explicou o prefeito.

O governador citou como exemplo a construção de moradias em outros municípios, onde o governo comprou o material e as prefeituras ficaram responsáveis pela mão de obra, contando com auxílio até dos próprios beneficiados. Marquinhos e Azambuja também discutiram questões relacionados a Saúde e definiram que a próxima etapa da Caravana da Saúde começará em Campo Grande.

O encontro contou com a participação do governador, prefeito, vice-prefeita, de todo secretariado de Campo Grande, do presidente da Câmara, João Rocha, chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Sérgio de Paula, e do secretário de Administração do Governo do Estado, Carlos Alberto de Assis.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas