MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
26/06/2019
29 de janeiro de 2019 às 11h08 | Geral

Prefeitura promove concurso de Miss e Mister indígena para valorizar cultura

Nesta terça-feira foi a entrega do troféu aos vencedores

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

Para promover a cultura indígena e integrar as aldeias urbanas, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos, da Coordenadoria da Comunidade Indígena, promoveu o primeiro Concurso Miss e Mister Indígena da Capital. Nesta terça-feira foi a entrega do troféu aos vencedores.

O prefeito Marquinhos Trad entregou o troféu aos vencedores e falou da importância de se promover a cultura.

“Hoje estamos aqui entregando esta premiação que é muito importante para resgatar e promover a cultura indígena dentro das aldeias urbanas”, afirmou.

Escolhido como Mister Indígena, Jean Antônio, de 18 anos, da Aldeia Marçal de Souza, falou sobre a importância do evento para a promoção da cultura indígena.

“Fiquei muito feliz por ter ganhado esse concurso e a importância dele é porque resgata a nossa cultura que está muito desaparecida ultimamente. Alem disso, apresenta a  beleza indígena para as pessoas”, disse.

Cacique da Aldeia Marçal de Souza, Daniel da Silva, viu o evento com alegria e se disse satisfeito por ter um representante entre os escolhidos.

“Levamos o Mister, a Tainá, da comunidade vizinha, levou o Miss. Vemos isso com muita importância, porque resgata a autoestima da nossa comunidade. Estamos na cidade, temos situações muito vulneráveis para nossos jovens, e eventos como este que a prefeitura está promovendo dá a oportunidade  de se manter nossa cultura e divulgar cada vez mais”, afirmou.

Já o cacique José Augusto Limbu, que representou a vencedora Tainá Fonseca, da Aldeia Urbana Estrela do Amanhã, afirmou ser necessário haver eventos como este para promover a cultura indígena.

Muito importante para nós esse concurso, parabenizo a equipe e o prefeito por divulgar a cultura indígena aqui em Campo Grande. “Nós somos considerados urbanos, embora não deixemos de ser indígena e é muito importante falar da nossa cultura”, concluiu.

O concurso aconteceu no mês de dezembro e participaram três concorrentes para Mister Indígena e cinco para o Miss Indígena. O objetivo do evento é promover e resgatar a cultura indígena. Participaram do evento as aldeias Marçal de Sousa, Estrela do Amanhã, Água Funda e Santa Mônica.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas