MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/09/2017
06 de setembro de 2016 às 14h27 | Geral

Produção de grãos deve recuar a patamar de 3 safras passadas em MS

Segundo a Conab, MS deve colher 13,993 milhões de toneladas de grãos

Por: G1

Mato Grosso do Sul deve colher na temporada 2015/2016, 13,993 milhões de toneladas de grãos, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (6), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O volume representa uma queda de 16,6% em relação ao ciclo 2014/2015, quando o estado produziu 16,782 milhões de toneladas e um recuo a quantidade produzida há três safras, exatamente a 2012/2013, quando colheu 13,914 milhões de toneladas. Desde então, vinha constantemente batendo recordes de produção.

Esse recuo pode ser creditado, conforme análise dos dados da Conab, principalmente a quebra da segunda safra de milho do estado, chamada também de safrinha ou safra de inverno, em razão de variações climáticas como excesso de chuva, estiagem prolongada e geadas. Estimativa inicial da empresa pública federal para esta temporada, feita em fevereiro deste ano, era de que o estado produzisse 9,066 milhões de toneladas do cereal. Já na nova, divulgada nesta terça, esse número foi revisto para 6,352 milhões de toneladas, 2,714 milhões de toneladas a menos do grão.

Com essa previsão, a Conab indica neste levantamento que a safrinha 2015/2016 deve ser 30,3% menor que a 2014/2015, quando o estado colheu 9,108 milhões de toneladas. A produtividade deve despencar 32,4%, caindo, na mesma comparação, de 5.640 quilos por hectare, ou 94 sacas por hectare, para 3.815 quilos por hectare, ou 63,58 sacas por hectare.

Essa quebra da safrinha deve fazer com que o milho, que desde a temporada 2011/2012 ostentava, somando a produção da primeira e da segunda safras do ciclo, o título de maior cultura agrícola de Mato Grosso do Sul em volume colhido, perca a posição para a soja. Na safra 2015/2016, o estado deve colher, de acordo com a Conab, 6,837 milhões de toneladas do cereal (com a safra de verão e a de inverno), e 7,177 milhões de toneladas de soja.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas