MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
27/10/2020
10 de janeiro de 2020 às 11h12 | Economia

Projetos do Consórcio Brasil Central avançam em sete áreas

Criado em 2015 para fomentar o progresso individual e regional dos estados participantes, o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (Brc) avançou com sete projetos em áreas prioritárias no último ano.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

São membros consorciados do BrC os estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins, além do Distrito Federal.

O mais avançado é o processo de compra compartilhada de medicamentos, que tem previsão de ser finalizado no 1° trimestre de 2020.

Ao todo, 103 fármacos serão adquiridos pelos sete estados por R$ 169 milhões – economia estimada de 30%. Os remédios são para o tratamento de endometriose, hipertensão pulmonar, osteoporose, Parkinson, Alzheimer e esquizofrenia, entre outras doenças.

Também estão em andamento no Consórcio planos relacionados ao turismo integrado; logística/infraestrutura; mercado comum; fomento ao desenvolvimento rural e agronegócio; diversificação da pauta exportadora; e aliança municipal pela promoção. Na área do turismo, o BrC representou os sete estados do Brasil na World Travel Market London (WTM) – a maior feira de operadores do turismo do mundo, realizada em Londres, na Inglaterra, em novembro passado.

Lá, o bloco trabalhou a difusão do conceito “Conheça um novo Brasil” e dos principais atrativos de cada unidade da federação.

Na área do mercado comum, o Brasil Central tem trabalhado a harmonização de alíquotas para 20 produtos para incrementar o comércio entre os estados membros, impulsionando a competitividade da região com base em suas cadeias produtivas, proporcionando um ambiente de negócio seguro aos investidores e fomentando o comércio intrabloco. O projeto está na fase de levantamento de dados junto às unidades da federação consorciadas. 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas