MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
03/12/2020
29 de dezembro de 2019 às 12h04 | Educação

Rede de apoio do Governo do MS dá suporte e esperança a crianças e jovens

Programas de assistência sociais são ferramentas que ajudam a transformar positivamente a realidade de uma comunidade ou de um grupo de pessoas.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Os projetos sociais se tornaram parte fundamental para o funcionamento das sociedades pelo mundo todo – e isso não é diferente no Brasil.

Nos dias atuais, muito daquilo que é oferecido em termos de assistência e garantia de direitos vem do trabalho desenvolvido pelo governo estadual, cuja visão se estende para além do mero assistencialismo.

São verdadeiros exercícios de cidadania.

E é exatamente isto que os programas sociais desenvolvidos pelo Governo do Estado, através da Sedhast (Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) vem realizando desde 2015.

Ações para beneficiar as comunidades em situação de vulnerabilidade é o que não faltam nesta gestão.

Na educação, o Vale Universidade e o Vale Universidade Indígena transformam a vida de centenas de jovens e adultos que sonham com um curso superior.

Para os mais carentes, o Vale Renda representa dignidade para pessoas que estão temporariamente em situação de extrema necessidade.

Junto com a Rede Solidária, projeto que atende centenas de pessoas que vivem em regiões inóspitas, acolhendo-as e oferecendo uma série de atividades socioeducativas.

Neste balanço de 2019 do governo Reinaldo Azambuja, vamos falar de cada um desses programas que tanto orgulho traz aos seus gestores.

Reverter a situação de desigualdade, diminuir o contraste social é de extrema relevância.

Principalmente quando a sociedade se une ao governo através de parcerias, essenciais para que, juntos, possam romper as barreiras das injustiças sociais. “Em um ano em que muitos estados do País tiveram dificuldades extremas, mantermos nossas atividades em dia é motivo de muita comemoração”, atesta a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

No próximo ano, segundo a secretária, certamente os programas continuarão com o mesmo profissionalismo e compromisso em trabalhar nas políticas públicas que atendem, principalmente, as famílias em situação de maior vulnerabilidade no Estado. Ponto para MS. 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas