MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
15/12/2018
21 de novembro de 2018 às 09h23 | Geral

Reforma vai transferir atendimento da Depac Centro para 2ª Delegacia

O motivo da mudança é que a unidade passará por obras de melhorias da infraestrutura

Por: GOV MS
Divulgação/GOV MS

A Polícia Civil informa que a partir desta quinta-feira (22.11) os serviços da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário Centro (Depac/Centro) serão realizados na 2ª Delegacia de Polícia Civil (DP), que fica localizada na avenida Monte Castelo, 464, no Monte Castelo, a Capital.

O motivo da mudança é que a unidade passará por obras de melhorias da infraestrutura, por meio do projeto Mãos que Constroem, que utiliza mão de obra de presos dos regimes aberto e semiaberto do sistema prisional da Capital para revitalizar os prédios da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

De acordo com a Polícia Civil, devido à transferência, a Depac e a 2ª Delegacia não funcionarão das 8h às 18h nesta quarta-feira (21.11) para que sejam feitas as adequações necessárias. Após esse horário os serviços já serão restabelecidos.

É importante ressaltar, que as pessoas que precisarem do atendimento destas delegacias poderão procurar as demais unidades da Capital, entre elas a Depac Piratininga.

Mãos que Constroem

O projeto Mãos que Constroem é fruto de uma parceria entre a Sejusp com o Conselho da Comunidade de Campo Grande e o Poder Judiciário. Diferente do modelo adotado para a reforma dos prédios escolares – onde todo o trabalho é custeado com recursos do fundo arrecadado pelo desconto de 10% do salário de cada preso da Capital que trabalha em convênios firmados com o poder público ou iniciativa privada – no Projeto o Governo do Estado conta apenas com a utilização da mão de obra prisional, autorizada pela 2ª Vara de Execução Penal.

Além de recuperar os prédios públicos, a ação também contribuirá com a ressocialização e diminuição da pena. Por esse convênio os trabalhos são executados em menor tempo. Uma obra que seguindo o cronograma demoraria em média oito meses, já por meio do Projeto ela é executada em, no máximo, quatro meses.

Ao final de cada reforma o reeducando recebe uma carta de recomendação atestando sua eficiência no trabalho, com um pequeno descritivo das atividades por ele desenvolvidas, objetivando a reinserção no mercado.

Serviço:

Depac Centro – Rua Padre João Crippa, 1.581, Centro – (entre ruas Dom Aquino e Cândido Mariano);

2ª Delegacia –  Avenida Monte Castelo, 464, Monte Castelo;

Depac Piratininga – Rua Nove de Julho, 705 Vila Ipiranga.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas