MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
23/10/2017
26 de junho de 2017 às 11h50 | Geral

Reinaldo autoriza licitação para pavimentar rodovia que liga Costa Rica a Figueirão

Trecho de 61 km na MS-223 conta com projeto executivo pronto; licitação deve sair em 10 dias

Por: GOVMS
Divulgação/GOVMS

 

Muito em breve os moradores do município de Costa Rica vão deixar de “pegar carona” para chegar até a Capital. Isso porque, o governador Reinaldo Azambuja autorizou a abertura da licitação para asfaltar o trecho de 61 quilômetros na MS-223, que liga o município de Costa Rica a Figueirão. Com isso, vai haver uma economia de pelo menos 90 quilômetros no trajeto até Campo Grande. O anúncio foi feito na semana passada, durante entrega de obras no município de Costa Rica.

Atualmente, quem precisa sair de Costa Rica para vir a Campo Grande pelo asfalto segue o caminho de cerca de 400 quilômetros que passa pelo município de Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e Camapuã para, somente então, chegar à Capital. Com o asfalto que terá início em Costa Rica e seguirá até o trevo da Cantina, o governo vai criar um caminho direto e encurtar distâncias para quem usa o trajeto.

 “Eu não estava preparado para isso, mas tenho que dizer que nós muitas vezes precisamos ser ousados. Hoje não está fácil para ninguém governar e o que eu quero dizer é que com o pedido do prefeito, da população que hoje veio em peso ao evento, dos deputados, nós vamos mandar fazer a licitação e iniciar a obra do asfalto Costa Rica- Figueirão. O projeto executivo está pronto. E saindo a licitação nós vamos vir aqui dar a ordem de serviço para essa obra tão importante. No que depender da nossa gestão, se estava isolado, não estará mais”, afirmou o governador.

O anúncio foi comemorado com entusiasmo pelos presentes. Reinaldo Azambuja seguiu destacando que fica muito contente em poder melhorar a vida de tantas pessoas.

“Nós temos que olhar para a população. Governante não governa para partido, mas para as pessoas e é por isso que estamos com tantas parcerias em Costa Rica e nos outros 78 municípios. Ficamos muito contentes de poder, com planejamento e responsabilidade, fazer isso em um momento de dificuldade, em que o país atravessa a maior crise da história. Isso mostra que quando se governa com responsabilidade, gestão, transparência e resultado, mesmo na dificuldade é possível fazer entregas”, declarou.

Na avaliação do prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, agradeceu o governador pelo anúncio e reforçou que esse é um dos grandes sonhos da população que utiliza a estrada de chão diariamente. “Nós não temos uma ligação direta e ainda pegamos carona nas rodovias que cortam outros municípios para chegar até Campo Grande. Somos um dos poucos municípios que andar dezenas de quilômetros a mais para ter o acesso. Sei que o senhor governador vem lutando para isso e essa é a melhor notícia que poderia ter trazido para todos nós”, destacou.

Para o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin – que estava prestigiando o evento – o impacto positivo do anúncio da licitação do asfalto é imenso. “O compromisso ajustado conosco com certeza terá um impacto positivo muito grande. O acesso imediato entre os municípios dará suporte a diversos segmentos, criando a oportunidade de um novo corredor comercial, fortalecendo ainda mais nossa economia. Na região norte, Costa Rica é a capital pelo destaque brasileiro na beleza, organização e gestão. Temos certeza que essa melhoria terá impacto direto no desempenho dos nossos moradores e com melhoria da qualidade de vida para todos”, finalizou.

Estiveram presentes ainda o secretário de Estado de Infraestrura, Marcelo Miglioli; o coordenador de Assuntos Estratégicos de Governo, Nelson Cintra; o subsecretário de Relações Institucionais, Alessandro Menezes; os prefeitos de Rio Verde do Mato Grosso, Mario Krug; Camapuã, Delano Huber; Chapadão do Sul, João Carlos Krug; Paraíso das Águas, Ivan Xixi; os deputados estaduais Junior Mochi, Mara Caseiro, Felipe Orro e Onevan de Matos; entre diversas autoridades políticas locais e representantes da sociedade civil organizada.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas