MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
17/12/2017
31 de maio de 2016 às 11h23 | Política

Tereza Cristina garante quase R$ 6 milhões em emendas individuais para MS

No total os 33 municípios contemplados com as emendas receberão R$ 140 milhões em investimentos em diversas áreas.

Por: Da Redação

Incluídas dentro do orçamento impositivo aprovado pelo Congresso Nacional e com liberação garantida pela União a deputada federal Tereza Cristina (PSB-MS) assegurou quase R$ 6 milhões em emendas individuais para Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (30).

A assinatura faz parte dos cerca de R$ 70 milhões de emendas parlamentares individuais e coletivas que a bancada federal – deputados e senadores - vai trazer para contemplar os municípios do Estado e que vai ser acrescido a outros R$ 70 milhões em recursos estaduais, prometidos pelo governo do Estado o investimento de igual valor ao conseguido pela bancada em Brasília. No total os 33 municípios contemplados com as emendas receberão R$ 140 milhões em investimentos em diversas áreas. 

A deputada destacou o trabalho árduo para trazer as emendas para o Estado em meio à crise econômica vivenciada pelo governo federal nos últimos tempos. “Com muito trabalho conseguimos garantir recursos de emendas individuais e recursos extras nos Ministérios para trazer para Mato Grosso do Sul, chegando aos quase R$ 6 milhões assinados hoje. Algumas das nossas proposições chegaram a ser cortadas pelo governo federal, mas mesmo no primeiro ano de mandato onde os parlamentares não têm direito às emendas, assinar este recurso acaba sendo uma conquista”, analisou Tereza.

Os recursos das emendas individuais propostas por Tereza Cristina totalizam R$ 5.874.900,00 e serão destinados a construção da sede própria do Departamento de Operações de Fronteiras (DOF) em Dourados, pavimentação asfáltica de drenagem em Aquidauana, Coxim, Sidrolândia e Terenos, aquisição de máquinas, equipamentos agrícolas para atender aos pequenos agricultores no Estado e equipamentos e custeio para o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.

 

As emendas foram apresentadas no Orçamento de 2015, mas só foram liberadas agora, em 2016. 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas