MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
16/12/2017
27 de novembro de 2017 às 10h37 | Geral

Três Lagoas recebe o maior investimento do Estado em saneamento: R$ 150 milhões

Com parceria da União o valor será investido até 2018 na implantação e ampliação das redes de água e esgoto

Por: GOV MS
Divulgação/GOV MS

Uma das cidades de Mato Grosso do Sul com maior taxa de crescimento populacional, impulsionada pela chegada de indústria de grande porte, como no setor de celulose, Três Lagoas recebe do Governo do Estado o maior investimento em saneamento básico. Com parceria do Governo Federal, a Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul (Sanesul) investirá até 2018, aproximadamente R$ 150 milhões na implantação e ampliação das redes de água e esgoto.

“É um dos projetos mais arrojados em saneamento visando a sua universalização”, afirma o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli. “Três Lagoas é um dos mais importantes polos industriais não apenas de Mato Grosso do Sul, mas do País, com a concentração de conglomerados em vários segmentos, e esse desenvolvimento traz uma grande demanda em infraestrutura, hoje prioridade do nosso Governo”, acrescenta.

Mais da metade das obras previstas está concluída ou em andamento, absorvendo recursos da ordem de R$ 72 milhões. O secretário de Infraestrutura lembra que o atual Governo encontrou uma situação caótica na cidade, na área de saneamento, com mais de 100 quilômetros de rede de esgoto aberta sem estação de tratamento. “Foi uma obra absolutamente complicada e invertemos o projeto, iniciando primeiro a construção da ETE”, explica.

Obras em andamento

Uma das obras em execução é a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Jupiá, em 70 litros por segundo, com implantação de 2.100 metros de coletor tronco, 600 metros de emissário final, com oito elevatórias e 3.230 metros de linha de recalque. O novo sistema permitirá a implantação de 280 mil metros de rede coletora e 13 mil ligações domiciliares. Estão sendo investidos R$ 35 milhões de recursos federal e estadual.

Também está andamento a ampliação da ETE Planalto/São João, em 100 litros por segundos, adequação de emissário final e finalização da construção da estação elevatória de 200 litros por segundo, obra orçada em R$ 5,8 milhões (recursos federal e estadual). O investimento da Sanesul em Três Lagoas prevê, ainda, a construção de mais uma ETE, com capacidade para 100 litros por segundo e nove estações elevatórias, ao custo de R$ 51 milhões.

Com recursos próprios (R$ 44,3 mil), a Sanesul executa a implantação de 2.304 metros de rede de distribuição de água na região do aeroporto local. O programa de investimentos beneficia também o Centro e os bairros Vila Piloto, Vila Nova e Santa Terezinha, com obras de ampliação, adequação, reforma e troca de equipamentos, incluindo a implantação de distritos de medição e controle e de 43 mil metros de rede de distribuição.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas