MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
29/05/2020
03 de maio de 2020 às 09h56 | Educação

UEMS recebe imóvel para instalação de polo de observatório da UniRila

A Universidade Estadual de Mato grosso do Sul (UEMS) formalizou acordo de concessão da Escola Agrícola do município de Guia Lopes da Laguna.

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A iniciativa foi proposta pelo vereador Gilberto Ferreira de Souza e aprovada em Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores do município no último dia 28.

A principal meta desta concessão, que tem vigência de 20 anos, é a futura instalação de um polo vinculado ao observatório do corredor bioceânico, que integra a Rota de Integração Latino-Americana (RILA).

Além deste uso exponencial, a parceria também fomentará ações de ensino, pesquisa e extensão utilizando a estrutura predial da escola cedida para receber acadêmicos, professores e técnicos da UEMS com projetos e pesquisas que visem atender as demandas da população.

“Estamos felizes pela ampliação da estrutura física da UEMS no Estado do MS, que ocorre com a cedência da Escola Agrícola em Guia Lopes da Laguna. Com isso, fortalecemos a interiorização, que sempre foi um dos eixos de nossa Universidade.

Essa cessão também viabiliza à nossa Universidade a oportunidade de continuarmos a ofertar uma educação pública e de qualidade, impactando positivamente a sociedade do Estado, em particular o povo lagunense”, destacou o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho O coordenador da Rota de Integração Latino-Americana (RILA), Ruberval Maciel, disse que “é importante ressaltar que, desde o início deste projeto, a UEMS contou com a responsabilidade incumbida pelo Governo do Estado, sendo convidada para ser a Universidade que promovesse a articulação junto às demais Instituições de Ensino Superior (IES), seja em nosso Estado, seja nas demais IES de países da América Latina”, enfatizou Ruberval.

O coordenador da RILA ainda informou que o projeto exponencia o processo de estreitamento dos laços com outros países de nosso continente, seja econômica, econômico-financeira ou de logística. “Pretendemos tornar a UEMS protagonista nestes debates, costurando subsidiando estudos e direcionamentos a uma rede importante dos países da América do Sul. Temos o cadastro de 140 pesquisadores neste projeto. Imaginem a potencialidade dos projetos desenvolvidos por estes profissionais”, finalizou.

 
What do you want to do ?
New mail
Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas